​Ministério da Educação garante que falta de professores “não será problema” no próximo ano lectivo

PorExpresso das Ilhas,2 ago 2019 8:01

1

O Director-geral do Planeamento, Orçamento e Gestão (DGPOG) do Ministério da Educação, José Marques garante que a falta de professores “não será problema” no próximo ano lectivo.

Segundo disse, o processo de contratação de professores “iniciou cedo” e, por isso, no início de Setembro, os professores vão estar colocados nos respectivos concelhos.

Esta garantia foi dada, quinta-feira, durante a assinatura de contractos programas para a reabilitação de espaços educativos entre o Ministério da Educação e as câmaras municipais de Santa Catarina e Tarrafal de Santiago, que aconteceu na cidade da Praia.

O arranque do ano lectivo passado ficou marcado pela falta de professores do Ensino Secundário em algumas localidades, situação que preocupou o Sindicato Nacional dos Professores de Cabo Verde (SINDEP) e os encarregados de educação.

Na altura, o presidente do SINDEP, Jorge Cardoso, denunciou a falta de docentes de línguas, Matemática, Físico-Química, Educação Física, Educação Artística e Informática, classificando a situação como resultado de “uma má planificação” do Ministério da Educação.

Esta preocupação foi bem assente na Boa Vista, onde alunos, pais e encarregados de educação ameaçam partir para uma manifestação, tendo em conta que havia falta de professores em algumas das disciplinas nucleares, quando faltava menos de um mês para o fim do primeiro trimestre.

Sheilla Ribeiro (estagiária)

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,2 ago 2019 8:01

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  26 abr 2020 23:21

1

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.