​Câmara de São Vicente avança com construção de mais 12 habitações sociais

PorFretson Rocha, Rádio Morabeza,7 jul 2020 18:27

A Câmara Municipal de São Vicente lançou hoje as obras de construção de 12 habitações sociais na localidade de Bela Vista. Os trabalhos, financiados em cerca de 30 mil contos pela edilidade, já arrancaram, e devem ficar concluídos em 8 meses.

O complexo habitacional de três pisos é composto por 12 moradias, sendo 4 em cada um dos pisos. Cada apartamento, com uma área de 60m2, é constituído por dois quartos, uma casa de banho, uma sala comum com cozinha e um quintal. As casas serão entregues a 12 famílias em Bela Vista com problemas habitacionais.

Presente no acto, a vereadora de acção social da autarquia mindelense, Lídia Lima, disse que o objectivo é tentar resolver a questão da habitação, considerado um problema grave da ilha do Monte Cara. Cerca de 90% dos atendimentos na autarquia estão relacionados com problemas habitacionais.

“Estamos cientes do problema que temos em São Vicente, mas a questão habitacional é uma grande preocupação da nossa equipa. A População de São Vicente tem muitas dificuldades financeiras, e o dinheiro não dá para arrendar uma casa para viver com dignidade. Algumas pessoas decidam construir, às vezes com problemas, e temos que os ajudar. Outras não conseguem fazer a sua casa, morem em casas arrendadas mas com muitos problemas. Estamos cientes do problema grave de habitação que temos, e que temos que continuar a ajudar a resolver”, refere.

A cerimónia de lançamento oficial da obra foi presidida pelo presidente da Câmara Municipal de São Vicente. Augusto Neves diz que a construção das habitações tem por objectivo melhorar a qualidade de vida dos mindelenses.

“Também vamos arrancar com a construção de habitações no Quilómetro 6. Temos habitações em construção ou já atribuídas em todas as zonas de São Vicente, porque é uma das grandes preocupações da Câmara Municipal – melhorar a qualidade de vida da população”, diz.

A Câmara Municipal de São Vicente tem neste momento 24 habitações sociais em construção em Ribeirinha, 10 no Norte de Baía e 10 no Lameirão.

Augusto Neves refere que, também no âmbito do programa “isdob compo bo casa”, a edilidade tem em obras mais de 40 habitações.

Também em São Vicente, mas financiado pelo Governo da República Popular da China em mais de um milhão de contos, está em construção um complexo habitacional de 88 apartamentos sociais na localidade de Portelinha.

O condomínio, cujas casas estão divididas em 11 blocos agrupados em quatro conjuntos, contempla a construção de equipamentos sociais, designadamente espaços verdes, parque infantil e de estacionamento.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Fretson Rocha, Rádio Morabeza,7 jul 2020 18:27

Editado porAndre Amaral  em  16 jan 2021 23:21

pub.
pub.
pub.
pub
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.