PAICV diz que mandato do MpD foi “desastroso” em São Vicente

PorLourdes Fortes, Rádio Morabeza,27 jul 2020 15:26

Os deputados do PAICV, eleitos pelo círculo de São Vicente, classificam de desastroso o actual mandato do governo no que diz respeito à ilha. Posição expressa hoje, em conferência de imprensa, pelo porta-voz do grupo, João do Carmo, que afirma que as promessas do executivo não foram cumpridas.

O parlamentar fala num governo "do vamos fazer".

"Este mandato será marcado por um governo do vamos fazer. Ainda os jovens cabo-verdianos estão à espera dos 45 mil postos de trabalho dignos, nem o governo já fala de crescimento da nossa economia em média de 7% ao ano (...) Em São Vicente, a situação do MpD é mais grave, porque aqui estamos a falar do poder central e do poder local. O balanço deste mandato, concretamente para São Vicente, é desastroso", afirma.

A suspensão das ligações aéreas internacionais, pela antiga TACV, entre Mindelo e Lisboa é outro ponto negativo, apontado pelo PAICV, que recorda que a promessa do governo era de equipar o aeroporto para que pudesse receber voos nocturnos.

João do Carmo diz que a percentagem de realizações de Ulisses Correia e Silva para São Vicente ronda os 10%.

“Neste momento, de concreto, falamos de um asfalto numa estrada que já existia e de algumas obras que já tiveram inicio, e vamos ter o mandato ouvindo o governo falar do centro de hemodiálise, do centro tecnológico, das habitações sociais de Portelinha, mas vamos terminar o mandato, verdadeiramente, sem nada de concreto” assegura.

Sobre a questão da Zona Especial de Economia Marítima, o deputado refere que não há nada de concreto e lembra que o projecto não está inscrito no orçamento para 2020.

“Aquando da discussão do orçamento de 2020 fizemos questão de mostrar no parlamento que o orçamento não trazia um escudo para o projecto, não há nada de concreto. Isso é só conversa”, refere.

A lei que institui a Zona Económica Especial em São Vicente foi aprovada na generalidade em Fevereiro, no Parlamento e já foi promulgada pelo Presidente da República.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Lourdes Fortes, Rádio Morabeza,27 jul 2020 15:26

Editado porAndre Amaral  em  8 ago 2020 13:19

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.