Legislativas 2021: Romeu di Lurdis encabeça a lista do PTS para círculo de Santiago Sul

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,17 fev 2021 14:02

O artista Romeu di Lurdis anunciou hoje que vai encabeçar a lista do Partido do Trabalho e Solidariedade (PTS) para o círculo eleitoral de Santiago Sul nas eleições legislativas em Cabo Verde, marcadas para o dia 18 de Abril.

Romeu de Lurdis, cujo nome próprio é Carlos Lopes, liderou a candidatura de Liderança União Trabalho e Amor (LUTA) e foi o terceiro candidato mais votado à presidência da Câmara Municipal da Praia, nas eleições autárquicas de 2020, num grupo de oito candidaturas.

O objectivo, segundo explicou, era de prosseguir com LUTA nas eleições legislativas e dar o seu contributo na política nacional. Contudo, devido às dificuldades de formalizar o partido no período de menos de seis meses, e a impossibilidade de grupos de cidadãos avançarem para as legislativas, decidiu abraçar o PTS.

Um partido, com o qual o muito se identifica, e que, segundo diz, pode levar mais representatividade, mais pluralidade e mais confronto de ideias para o Parlamento cabo-verdiano.

“É claro que houve muitas propostas, mas o nosso objectivo sempre foi de abraçar o partido com o qual nos identificamos e principalmente um partido que se encontra fora do arco do poder, porque o nosso objectivo é que haja mais partidos dentro do Parlamento”, sustentou.

“Portanto, entendemos que se queremos promover essa entrada de mais partidos para confronto de ideias, para que tenhamos um parlamento mais plural, mais representativo temos de trabalhar para levar outros partidos. E decidimos trabalhar para dar mais visibilidade ao PTS e levá-lo para o Parlamento para que o mesmo possa desempenhar o seu real papel que é de estar activo e influenciar a política nacional”, acrescentou.

O lema da candidatura é “Novos tempos novos caminhos: O povo – a nossa luta”, precisamente para mostrar que o objectivo é de representar o povo cabo-verdiano e tornar a Assembleia Nacional mais partilhada e mais equilibrada e fazer com as pessoas voltem a acreditar na política.

Romeu di Lurdis adianta que o partido tem propostas que vão ao encontro das expectativas da sociedade cabo-verdiana e que vão dar um grande contributo para a promoção e o envolvimento dos jovens na política e ter um parlamento mais equilibrado.

Para além de Santiago Sul, o PTS, segundo Romeu di Lurdis, deve apresentar listas de candidatura nas regiões de Santiago Norte e São Vicente e outros círculos eleitorais que não revelou, sendo que a meta é eleger deputados para fiscalizar a acção governativa e apresentação de propostas visando a melhoria da qualidade vida das pessoas.

Contudo, a ambição maior do partido, conforme o candidato de Santiago Sul, que coordena a ilha de Santiago, é de eleger deputados suficientes para formar uma bancada parlamentar, cujo número mínimo é cinco.

“Estamos cientes das dificuldades, dos custos, mas estamos cientes também da nossa obrigação de trabalhar e da nossa necessidade de estar no Parlamento para levar a voz das pessoas. Portanto estamos a almejar uma bancada e vamos trabalhar para isso para que possamos estar bem representados e tenhamos uma voz mais activa e com dignidade”, realçou.

Nas eleições autárquicas, realizadas a 25 de Outubro de 2020, LUTA, força que Romeu di Lurdis liderou no concelho da Praia, conquistou 866 votos para Assembleia Nacional e 790 para Câmara Municipal, tendo ficado à frente da UCID e do Partido Popular e todas as outras candidaturas independentes.

As sétimas eleições legislativas realizadas em Cabo Verde para eleição dos 72 deputados que integram a Assembleia Nacional estão marcadas para o dia 18 de Abril, e vão decorrer em 13 círculos eleitorais, sendo 10 no país e três no estrangeiro.

A apresentação das candidaturas nos respectivos círculos eleitorais, perante o juiz da comarca deve acontecer entre 27 de Fevereiro e 09 de Março de 2021, devendo a verificação da regularidade do processo, autenticidade dos documentos que integram e a elegibilidade dos candidatos pelo magistrado judicial acontecer até ao dia 12 de Março, ou seja três dias após apresentação das listas candidatas.

A campanha eleitoral decorre de 00:00 do dia 01 de Abril até 24:00 de 16 de Abril.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,17 fev 2021 14:02

Editado porAndre Amaral  em  18 fev 2021 9:46

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.