Pedro Pires pede aos actores políticos que tenham em conta a situação epidemiológica do país nas campanhas

PorSheilla Ribeiro,7 abr 2021 13:30

O ex Presidente da República, Pedro Pires, pediu hoje aos actores políticos que tenham em conta a situação epidemiológica do país durante as campanhas eleitorais de modo a evitar resolver os problemas que ficam. Pedro Pires fez este pedido hoje, depois de ter sido vacinado com AstraZeneca no Centro de Saúde de Achada Santo António.

“Que tenham em conta que a nossa situação não é simples. Porque depois das campanhas vão ter de trabalhar muito para resolver os problemas que ficam”, apelou.

Na ocasião, o antigo Chefe de Estado disse que a vacinação é importante e que é a melhor saída para vencer a pandemia. Por isso, referiu, as pessoas devem encará-la com realismo e optimismo.

“Com a evolução da situação, com o aumento do número de infectados e com esta instabilidade do número de infectados entre nós, particularmente na cidade da Praia, não há outra saída ou a melhor saída de facto é fazer a vacinação. Por isso, digo às pessoas que não é nenhum bicho-de-sete-cabeças, passamos toda a vida a fazer vacinação”, asseverou.

Pedro Pires garantiu ainda que não há riscos e que se houver são ínfimos. Nesse sentido, continuou, a vacinação é uma questão de saúde pessoal, é uma questão de saúde pública e também é uma questão de educação.

“Vamos trabalhar para a melhor saúde de cada um de nós e acreditar na ciência. Eles fazem muito trabalho de investigação antes de lançar no mercado um produto, que é o caso dessas vacinas. Foram produzidas várias em vários países mas tudo isso é fruto de muito trabalho de investigação e de seriedade dos investigadores, nós não podemos pensar que eles não sejam sérios. São sérios e estão preocupados com a nossa saúde”, pontuou.

image

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Sheilla Ribeiro,7 abr 2021 13:30

Editado porSara Almeida  em  9 abr 2021 7:24

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.