MpD limita actividade de rua face ao aumento de casos de covid-19

PorExpresso das Ilhas, Lusa,13 abr 2021 14:55

O presidente do MpD, Ulisses Correia e Silva, anunciou hoje a redução da atividade de campanha de rua do partido, devido ao aumento de casos de covid-19.

“Nós estamos a apelar às pessoas para se protegerem, é a melhor resposta. Máscaras, evitar grandes ajuntamentos. Hoje tomámos uma decisão ao nível da nossa direcção de campanha no sentido de termos mais precauções, comícios que não possam ser superiores a 300 pessoas, lugares sentados, com distanciamento e também reduzir a presença de rua”, anunciou Ulisses Correia e Silva, em declarações à agência Lusa à margem de uma acção de campanha eleitoral em Porto Novo, ilha de Santo Antão.

As autoridades sanitárias cabo-verdianas diagnosticaram mais 105 infetados pelo novo coronavírus, e dois mortos, na segunda-feira, elevando para 19.110 o total de casos desde o início da pandemia, com recordes diários de infectados nos últimos dias.

“Queremos dar este sinal muito forte, para que outros partidos também sigam. Temos que fazer campanha porque a democracia tem de funcionar, mas é possível compatibilizar, protegendo e fazendo ao mesmo tempo vibrar a campanha eleitoral porque é importante as pessoas sentirem-se motivadas para votar”, declarou Ulisses Correia e Silva.

Segundo dados do ministério da Saúde, a Praia, capital do país, confirmou na segunda-feira mais 33 infetados com covid-19, contando agora com 704 casos activos entre os 1.513 casos activos de infecção – contra cerca de 300 no início de Março – em todo o país.

Cabo Verde tem registado valores máximos diários de novos infectados consecutivos na última semana, com 191 casos no dia 31 de Março, 208 em 08 de Abril e 207 nos dias 09 e 10 de Abril, muito acima dos máximos anteriores, de 159 casos, em 11 de Outubro de 2020.

A pandemia já provocou directamente 184 mortos por complicações associadas à covid-19 no arquipélago.

Devido ao crescente aumento do número de casos nas últimas semanas, sobretudo na Praia, e com o país na última semana de campanha para as eleições legislativas de 18 de Abril, o Governo cabo-verdiano anunciou um reforço da fiscalização do cumprimento das medidas de prevenção para travar a transmissão da covid-19, nomeadamente de aglomerações nas praias, festas privadas e uso de máscaras.

O Presidente de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca, afirmou na segunda-feira, pela terceira vez em menos de duas semanas, que é preciso um reforço efectivo da fiscalização às medidas de prevenção à transmissão da covid-19 e não apenas o seu anúncio, devido ao aumento de casos da doença.

Cabo Verde conta com um acumulado de 19.110 casos do novo coronavírus, desde 19 de Março de 2020 (quando foi diagnosticado o primeiro infectado no arquipélago), distribuídos por todos os 22 municípios das nove ilhas habitadas, segundo os dados do Ministério da Saúde.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,13 abr 2021 14:55

Editado porAndre Amaral  em  18 jan 2022 23:20

pub.
pub.
pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.