​UCID considera que chegada de Boeing-757 tem fins eleitoralistas

PorFretson Rocha, Rádio Morabeza,15 abr 2021 15:35

A União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID) considera que a chegada, esta quarta-feira, do Boeing-757 da Cabo Verde Airlines ao Aeroporto Internacional Nelson Mandela, na Praia, é uma forma de reparar “a desilusão que foi a governação em matéria dos transportes aéreos". Para o presidente do partido, a vinda da aeronave tem fins eleitoralistas.

António Monteiro, que falava na tarde desta quinta-feira em conferência de imprensa, em São Vicente, reafirma que o Governo falhou a nível dos transportes aéreos.

“Falhou porque prometeu que era solução, acabou por nos mostrar que é uma grande desilusão. E na ânsia de querer consertar um pouco esta desilusão traz, a dois dias do término das campanhas eleitorais, um boeing para tentar lavar a cabeça aos cabo-verdianos, principalmente aos eleitores, pensando que com este Boeing conseguirá vencer as eleições”, entende.

O líder dos democratas cristãos recorda que o Governo do MpD prometeu 11 Boeings.

“Prometeu muito e conseguiu muito, muito pouco. Mas o facto de ter conseguido muito pouco deixa-nos muito preocupado na medida em que este muito pouco – um único avião -, que nós não conhecemos o contrato, não conhecemos as cláusulas que fizeram com que o aparelho viesse em altura de campanha eleitoral, o que é que isso vai representar para os cofres do Estado e para o bolso dos contribuintes”, diz.

Para a UCID, aquilo que aconteceu no sector foi falta de gestão e falta de política do Governo de Ulisses Correia e Silva.

Em conferência de imprensa, esta quarta-feira, o ministro do Turismo e Transportes assegurou que o regresso do avião Cabo Verde Airlines ao País, salva 300 postos de trabalho e o pagamento de um conjunto de outras despesas. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Fretson Rocha, Rádio Morabeza,15 abr 2021 15:35

Editado porAndre Amaral  em  14 mai 2021 13:19

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.