Câmara Municipal da Praia: Samilo Moreira e Chissana Magalhães desprofissionalizados

PorAndre Amaral,1 jul 2021 19:22

Vereadores do PAICV na Câmara Municipal da Praia que, esta quinta-feira, acusaram o autarca de os ter impedido de realizar reunião foram desprofissionalizados anunciou o autarca da capital, Francisco Carvalho.

O autarca anunciou hoje a desprofissionalização dos vereadores Samilo Moreira e Chissana Magalhães. Segundo Francisco Carvalho o despacho de desprofissionalização dos vereadores já foi publicado e agora uma solução será encontrada para a redistribuição das pastas havendo até, como disse Francisco Carvalho, a possibilidade de os dois vereadores continuarem com aqueles pelouros mas sem receberem as regalias de um vereador profissionalizado.

A reacção do autarca da capital surgiu esta quinta-feira à tarde depois de Samilo Moreira e Chissana Magalhães terem acusado o Presidente da Câmara, Francisco Carvalho, de trancar a porta, para impedir um encontro que tinham agendado.

Mas Francisco Carvalho não se limitou a retirar o estatuto de vereador profissionalizado aos dois vereadores. O edil da capital acusou Samilo Moreira e Chissana Magalhães de defenderem "que tenhamos uma Câmara da Praia onde temos corrupção, onde a gestão é feita à margem da lei. Não podemos alinhar com isso".

O autarca avançou igualmente que houve três medidas com as quais os dois vereadores não concordaram "e que estão a incomodar Samilo Moreira e Chissana Magalhães". 

A primeira, disse, "foi a criação de uma unidade de gestão onde todas as aquisições que a Câmara faz são centralizadas através de um processo transparente e que observa o Código de Contratação Pública. Alguém que não gosta de transparência, quando se tomam medidas para centralizar contratações numa única unidade e quando se tomam medidas que dizem que todas as obras têm de ser feitas através de concurso, obviamente que fica incomodado e coloca tudo em causa porque o seu objectivo é instaurar a corrupção na Câmara da Praia".

A segunda medida, segundo Francisco Carvalho, foi "ter uma caixa única na Câmara. Os pagamentos que são feitos na Câmara da Praia devem cair numa só conta, num só cofre. Foi por isso que decidimos centralizar todas as cobranças na Direcção de Administração Fiscal. Claro que quem é contra a transparência, quem é defensor da corrupção quando se lhes diz que se vão centralizar as cobranças num único sítio é claro que fica descontente e vê o seu cálculo, o seu projecto de corromper a Câmara da Praia em causa e fica incomodado e chateado com o presidente da Câmara".

A última medida destacada pelo autarca foi "controlar a frota e o tráfego da Câmara Municipal". "Nós todos somos daqui e sabemos como a população de Cabo Verde está incomodada de ver os carro de matrícula amarela de um lado para o outro, à porta dos bares ou à beira mar. O povo da Praia está cansado disso. Nós, quando nos candidatámos, um dos pontos que entendemos ser central foi tratar os carros da Câmara com dignidade, para respeitarmos as pessoas. Esse princípio incomodou profundamente o vereador Samilo Moreira, incomodou profundamente a vereadora Chissana Magalhães que chegou ao ponto de retirar o dispositivo de controlo de tráfego e de frota. Retirou-o com a sua mão, que exemplo de moralidade é esse? É preciso sublinhar que todos os carros da Câmara têm esse chip, não foram escolhidas pessoas a dedo. Todos os carros têm, até o do presidente".

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Andre Amaral,1 jul 2021 19:22

Editado porAndre Amaral  em  15 abr 2022 23:20

pub.
pub.
pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.