PAICV critica "ineficiência e ineficácia” das autoridades no desenvolvimento de São Vicente

PorLourdes Fortes, Rádio Morabeza,26 jul 2022 13:44

O PAICV critica o que classifica de "ineficiência e ineficácia" das autoridades locais e centrais no processo de desenvolvimento de São Vicente. Segundo o presidente da Comissão Política Regional (CPR), o progresso da ilha, ao longo dos anos, tem sido "muito reduzido e por vezes inexistente".

Em conferência de imprensa realizada hoje na sede do partido, em São Vicente, Adilson da Graça Jesus alertou que a estagnação da ilha tem tido um impacto transversal, apontando o agravamento da situação pelo actual contexto de crise.

“Hoje parece claro que os principais factores da estagnação ou mesmo da degradação das condições de vida das famílias em São Vicente são a governação desastrada e incompetente do governo suportado pelo MpD, desde 2016, conjugada com a incapacidade da Câmara Municipal de São Vicente, liderada por Augusto Neves, desde 2010”, afirma.

Adilson da Graça Jesus aponta dedo ao impasse político na governação do município, e volta a criticar a postura do governo nesta matéria.

“Com a situação de bloqueio que vivemos na CMSV, um problema gravíssimo para a ilha, para as pessoas que aqui residem e para as empresas que laboram nesta região do país, o governo, que é a tutela das autarquias locais, praticamente lava as suas mãos e deixa a coisa correr, como se nada houvesse”, diz.

O presidente da CPR do PAICV entende que a solução para o impasse político na ilha do Monte Cara passa, sobretudo, “pela implementação do memorando de entendimento estabelecido em Junho de 2021”.

Adilson Jesus identifica a habitação, o emprego, os transportes, desporto e segurança como áreas que “necessitam de intervenção urgente”.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Lourdes Fortes, Rádio Morabeza,26 jul 2022 13:44

Editado porAndre Amaral  em  12 ago 2022 7:20

pub.
pub.
pub.

pub
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.