Edição 1144

PorExpresso das Ilhas,1 nov 2023 0:45

A abstenção de Cabo Verde na votação da resolução da ONU que pedia um cessar-fogo imediato no conflito entre Israel e o Hamas faz a manchete desta edição do Expresso das Ilhas.

O Presidente da República, José Maria Neves diz não entender a abstenção de Cabo Verde. Governo não comenta posição do PR e justifica posição assumida após a reprovação de uma emenda apresentada pelo Canadá.

Também em destaque está mais um ano agrícola.

Em jeito de balanço, os agricultores destacam que, apesar da abundância de chuvas, no mês de Agosto e Setembro, as pragas e a seca de Outubro prejudicaram a produção deste ano. A colheita foi melhor do que a do ano passado, mas não alcançou as expectativas dos trabalhadores agrícolas.

Nesta semana em que se realizou o debate sobre o estado da Justiça, o Expresso das Ilhas entrevistou Evandro Tancredo Rocha, Presidente da Associação Sindical dos Juízes Cabo-verdianos.

Em conversa com o Expresso das Ilhas, o Presidente da Associação Sindical dos Juízes Cabo-verdianos defende que o maior desafio para os magistrados judiciais, em todo o mundo, são as ameaças à independência da Justiça, considera o presidente da Associação Sindical dos Juízes de Cabo Verde. Em conversa com o Expresso das Ilhas, Evandro Tancredo Rocha elenca algumas dessas ameaças com que a classe se confronta em Cabo Verde e destaca como essa independência é fundamental para a protecção, não dos juízes, mas dos cidadãos e do próprio Estado de direito. O representante dos juízes refuta ainda as críticas sobre a falta de prestação de contas, argumentando que a classe é, no seu entender, a “instituição da República mais escrutinada do país”, com relatórios anuais, julgamentos públicos e publicação de acórdãos. Estas e outras questões, nomeadamente a relação dos magistrados com a imprensa, foram abordadas à margem do II Encontro Anual de Juízes Cabo-verdianos, que decorreu nos dias 26 e 27, na Praia, sob o tema ‘Tribunais e comunicação social no combate à desinformação e reforço à integridade’.

Falamos também sobre o mais recente Relatório de Política Monetária do Banco de Cabo Verde e em que o banco central anuncia a subida das taxas de juro a serem cobradas pelos bancos comerciais. O BCV aponta também para PIB deverá crescer 4,5% e a inflação será de 4% este ano.

Ainda na Economia damos destaque à implementação das facturas electrónicas em Cabo Verde.

Oportunidade e simplicidade, mas também desafio e complicação. Factura electrónica promete melhorar a relação dos contribuintes com o Estado, mas está a causar dores de cabeça a pequenos operadores informais, preocupados com perda de rendimento, e as empresas, que não sabem como justificar despesas às quais não conseguem fugir.

Na Sociedade falamos sobre o sismo que foi registado na ilha Brava na noite de segunda-feira e que atingiu os 4,5 na Escala de Richter. O Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INMG) afirmou esta terça-feira que não há motivo para pânico, já que a maior parte dos eventos sísmicos registados na tarde de segunda-feira, estão a desvanecer.

Ainda em destaque está a edição do Saninklau MeeTUp Trekking. Muito mais do que um evento de trekking, iniciativa quer dar a conhecer São Nicolau aos cabo-verdianos.

A ler igualmente o artigo de opinião ‘Nha Vão e o pendor satírico da morna boa-vistense’, da autoria de César Monteiro.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,1 nov 2023 0:45

Editado porAndre Amaral  em  12 abr 2024 23:28

pub.

pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.