Um evento de coração aberto

PorNuno Andrade Ferreira,14 out 2018 8:56

​Está de regresso o Mindelact. O Festival Internacional de Teatro do Mindelo, na sua 24ª edição, acontece de 2 a 11 de Novembro, em São Vicente. A programação completa já foi apresentada pela organização.

A edição que antecede as bodas de prata do maior evento teatral do país conta com 60 espectáculos, de 38 grupos, provenientes, para além de Cabo Verde, de Brasil, Portugal, EUA, Angola, Uruguai, Gana, França, Marrocos, entre outros.

“O nosso grande desafio é exactamente continuar a corresponder às expectativas e manter o nível que tivemos em 2017. Eu acredito que vamos até melhorar e preparar já o terreno para a grande celebração dos 25 anos”, estabelece João Branco, presidente da Associação Mindelact.

A coreógrafa e bailarina Marlene Freitas, recentemente galardoada com o Leão de Prata, na Bienal de Dança de Veneza, é um dos nomes em destaque no cartaz deste ano, cabendo-lhe a abertura do Palco 1 (ver caixa). Mas à semelhança das edições anteriores, o festival não se esgota num único palco.

“Temos o Palco 1, para espectáculos de maior dimensão, um Palco 2, para os mais intimistas, um Festival Off, dedicado às companhias nacionais, um Ciclo Internacional de Contadores de Estórias, temos uma programação exclusivamente dedicada às crianças, uma mostra de performances e temos uma aposta, que foi uma aposta forte no ano passado, no Teatro na Praça, que são espectáculos de teatro de rua, com artistas de grande experiência e renome internacional neste género artístico”, resume João Branco.

O Mindelact vive de afectos – nem de propósito, o lema do festival é “arte, alma e afecto” – da generosidade de dezenas de pessoas e instituições, que contribuem de forma imensurável, permitindo esticar o orçamento, mas há coisas com as quais até um evento que gere simpatia de forma natural tem que lidar. Uma das dores de cabeça mais recentes prende-se com os transportes, os custos elevados dos bilhetes da TAP – a única companhia com voos internacionais regulares para São Vicente – e a dificuldade que é viajar pela TACV, através do Sal.

“Quando há concorrência, os preços baixam. As pessoas chegavam directamente de Lisboa. Era muito mais simples e muito mais barato. Hoje em dia, os voos da TACV vão para o Sal. O passageiro chega ao Sal e não tem voo para São Vicente, só no dia seguinte. A TAP tem o monopólio dos voos directos para São Vicente, o que quer dizer que os custos sobem muitíssimo. É importante que o desencravamento da ilha, no que diz respeito aos transportes aéreos, seja equacionado, porque isso afecta toda a gente”, refere o responsável do Mindelact.

À semelhança de outros anos, a 24ª edição do Mindelact vai ter uma extensão na Praia. A programação completa está disponível no site mindelact.org.

Marlene Freitas na abertura

“De Marfim e Carne – as estátuas também sofrem” é o espectáculo de Marlene Freitas que assegura a abertura do palco 1, na edição 2018 do Mindelact. Cabeça-de-cartaz da edição deste ano, Marlene assegura as duas primeiras noites do festival, com uma coreografia da sua autoria, dividindo o palco com outros artistas.

“Estátuas são uma possível metáfora para a imobilidade; bailes, uma possível metáfora para o movimento; petrificação, uma possível metáfora para a transformação de humanos em pedra, correspondendo a um enraizamento no lugar onde ela ocorre”, lê-se na sinopse.


 	Programação do Palco 1
Centro Cultural do Mindelo, 21h30

02 e 03|11
“De Marfim e Carne – as estátuas também sofrem”
Marlene Freitas

04|11
“Posso saltar do meio da escuridão e morder"
Teatro Griot

05|11
“A Metamorfose”
Grupo de Teatro do Centro Cultural Português do Mindelo

06|11
“Robo erctus”
Mime Prague

07|11
“Kriol K”
Khalid K

08|11
“Sonhos para vestir”
Sara Antunes e Vera Holtz

09|11
“O evangelho segundo Jesus, rainha do céu”
Queen Jesus Play

10|11
“Esta noite choveu prata”
Ribalta Produções

11|11
“Elas – Uma viagem no feminino”
Vera Cruz


Texto originalmente publicado na edição impressa do Expresso das Ilhas nº 880 de 10 de Outubro de 2018.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Nuno Andrade Ferreira,14 out 2018 8:56

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  5 jul 2019 23:22

pub.
pub.
pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.