“É preciso estar do lado do correcto, e o lado correcto é estar junto da Cize” – José Gonçalves

PorFretson Rocha, Rádio Morabeza,22 out 2019 7:18

Inauguração da Obra "Cize by Vhils"
Inauguração da Obra "Cize by Vhils"(Rádio Morabeza)

Foi inaugurada na tarde desta segunda-feira, em São Vicente, a obra artística que retrata Cesária Évora, esculpida na parede traseira da Alliance Française do Mindelo. A obra, que homenageia Cize, foi executada em frente à Praça D. Luis, pelo artista português Alexandre Farto, mais conhecido por Vhils.

O Governo, através do ministro do Turismo e Transportes e Ministro da Economia Marítima, marcou presença na cerimónia. José Gonçalves disse que a Praça D. Luis, está a adquirir uma nova dimensão, e terá um papel incontornável no turismo da ilha do Monte Cara.

“A partir de agora, acho que quando os turistas vierem aqui a São Vicente não vão deixar de vir aqui e fazerem uma foto perante esta grande imagem. Para agradecer também o senhor presidente da Câmara que teve a arrojada visão. Nem sempre liderar é tomar decisões populares. Se calhar, tem havido aqui comentários vários, mas é preciso ter coragem, é preciso estar do lado do correcto, e o lado correcto é estar junto da Cize”, diz.

Recorde-se que o presidente da Câmara Municipal de São Vicente assinou, em Janeiro deste ano, com o presidente do Instituto Camões, uma adenda ao protocolo de cedência de terreno junto à Praça Dom Luís para a construção das novas instalações do Centro Cultural Português do Mindelo. Confrontado pelos jornalistas sobre a possibilidade de o edifício tapar a obra que retrata Cesária, Augusto Neves, que não quis gravar entrevista, limitou-se a dizer que o espaço vai permanecer como está.

Na sua intervenção durante o acto inaugural, o edil mindlense classificou a intervenção como especial.

“Este é um momento especial para a terra de Cesária. Todos nós temos Cize no coração e essa homenagem feita por esse grande artista é mais uma forma de mostrar toda a dedicação que temos por ela”, refere.

O trabalho foi executado durante quatro dias, por Vhils e a sua equipa, com recurso à técnica da escultura em baixo-relevo.

“Queria agradecer principalmente a maneira como fomos recebidos. Foi muito especial o trabalho todo que fizemos aqui com uma equipa grande e muito forte. espero que gostem da obra como ficou”, frisa.

A intervenção de Vhils em Cabo Verde resulta de uma ambição antiga da Kriol Ideias, concretizada após longos meses de conversações, primeiro em parceria com o projecto Xalabas di Comunidadi, na Praia, e agora, no Mindelo, com a parceria da Câmara Municipal de São Vicente.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Fretson Rocha, Rádio Morabeza,22 out 2019 7:18

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  15 nov 2019 8:19

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.