Cabo Verde perde com a Mauritânia e fica fora do CHAN 2020

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,4 ago 2019 9:55

​A selecção nacional de jogadores residentes perdeu sábado com a congénere da Mauritânia, por 2-1 e não conseguiu a qualificação para a próxima fase de qualificação para o CHAN’- Etiópia 2020.

Em partida da segunda mão, realizada no Estádio Cheikha Boidiya, em Nouakchott, Cabo Verde sofreu logo no primeiro minuto da partida, por intermédio do avançado Sidi Tuda, numa jogada que surpreendeu a defensiva cabo-verdiana.

Durante a primeira parte, o lance mais perigoso da turma nacional aconteceu aos 44 minutos, através de um remate de Pachick.

A Mauritânia esteve melhor na primeira parte e desperdiçou algumas oportunidades de ampliar o marcador.

Na etapa complementar, Cabo Verde entrou melhor e nos primeiros instantes, depois da entrada de Latche para o lugar de Patchick, esteve perto de igualar a partida.

E foi quando a selecção nacional estava melhor no jogo que o avançado Sidi Tuda bisou, fazendo o 2-0.

Cabo Verde ainda conseguiu reduzir, aos 90 minutos, por Papalelé, mas foi insuficiente para conseguir o apuramento para a próxima fase.

No final, o treinador Janito Carvalho, criticou a arbitragem e admitiu que a equipa cometeu erros. Em declarações a Rádio de Cabo Verde (RCV) o seleccionador considerou que os dois golos da Mauritânia foram precedidos de falta.

“Deram três minutos, jogou dois, quando deviam ser dez minutos”, constatou.

No jogo da primeira mão, realizada na semana passada, no Estádio Nacional, na Cidade da Praia, as duas selecções empataram sem golos.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,4 ago 2019 9:55

Editado porAntónio Monteiro  em  5 dez 2019 23:21

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.