Governo quer Ocean Week como elemento agregador

PorNuno Andrade Ferreira,25 nov 2019 6:11

José Gonçalves
José Gonçalves(Ministério da Economia Marítima)

​Arranca esta segunda-feira, em São Vicente, a edição anual da Cabo Verde Ocean Week (CVOW). O evento, promovido pelo governo, quer contribuir para a criação de uma “cultura voltada para preservação e conservação da saúde do mar”, lê-se no site oficial. O ministro da Economia Marítima, José Gonçalves, fala de uma iniciativa que procura colocar o oceano no centro “das nossas vidas”.

programa multi-sectorial divide-se entre conferências, visitas e a apresentação de projectos. Destaque para a associação, pela primeira vez, da feira Expomar à Ocean Week.

“Este ano, o que há de novo é a maior inclusão de todas as matérias que dizem respeito ao mar. Há vários anos, a Expomar tem sido celebrada anualmente aqui em Mindelo. No ano passado, prometemos que a feira seria integrada dentro da CVOW”, explica José Gonçalves.

Em plena presidência cabo-verdiana da CPLP, nota para a conferência de ministros lusófonos com a tutela dos assuntos marítimos, reunião agendada para terça-feira.

“Será um dia de trabalho com os ministros para se ter maior harmonia, interacção e diálogo entre cada um dos nossos nove países, por forma a criar, também dentro da nossa comunidade, a noção de centralidade daquilo que é o mar para o nosso bem-estar”, comenta o governante, entrevistado pelo Expresso das Ilhas.

À margem do programa mais institucional, a segunda edição da Ocean Week, contemplará actividades desportivas e culturais paralelas. Com as comunidades piscatórias serão realizadas acções de sensibilização.

“Cada vez mais, vamos tendo a inclusão de toda a sociedade (…) [A CVOW] tem várias vertentes, desde o académico, mas também tem aquilo que é o lúdico, a cultura, as escolas, culinária, para ser realmente um elemento agregador”, sustenta o ministro da Economia Marítima.

“[A CVOW] é a locomotiva de todas as outras actividades que existem em torno do mar, que serão consagradas numa só semana”, acrescenta.

De 25 a 29 de Novembro, a monitorização dos oceanos, políticas para promoção e sustentabilidade ambiental, economia azul, formação e investigação aplicada, desenvolvimento tecnológico e biotecnológico serão alguns dos temas em análise.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Nuno Andrade Ferreira,25 nov 2019 6:11

Editado porSara Almeida  em  14 dez 2019 23:21

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.