Produto Interno Bruto aumentou 6,7%, no 3º trimestre de 2019

PorExpresso das Ilhas,27 dez 2019 10:21

No 3º trimestre de 2019, o Produto Interno Bruto (PIB) registou, em termos homólogos, um aumento de 6,7%, em volume. A informação foi divulgada hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), nas suas Contas Trimestrais.

De acordo com a nota do INE, essa evolução do PIB é resultado do maior contributo das despesas do Consumo final e das Exportações.

As Contas Trimestrais referentes ao meses Julho, Agosto e Setembro de 2019, mostram ainda que do lado da oferta, o Valor Acrescentado Bruto (VAB), a preços de base, apresentou uma evolução homóloga positiva de 7,5%. A esse nível destaca-se, para o efeito, “as actividades dos transportes aéreos e construção”.

Os impostos líquidos de subsídios apresentaram, entretanto, uma evolução homóloga de 2,1%.

Especificando os dados, no quer toca ao PIB, regista-se , como referido uma variação homóloga de 6,7%, em termos reais, e “taxa superior em 0,5 pontos percentuais (p.p.) à verificada no 2º Trimestre de 2019”.

image
image

Consumo aumenta 7,7%

O Consumo Final teve uma variação homóloga positiva de 7,7%, no 3º trimestre de 2019 (-1,1% no Trimestre anterior).

Aponta o INE, que “o Consumo Privado aumentou 7,7%, em termos reais, no 3º trimestre de 2019 (2,9% no Trimestre anterior)”. A mesma taxa de variação homóloga, 7,/% foi registada também no Consumo Público, “o que se traduziu numa aceleração, face à variação negativa de 14,2%, registada no trimestre anterior”.

Já o Investimento registou uma variação negativa, de 4,7%, em volume (0,3% no Trimestre anterior).

TransporteA com maior VAB

As Exportações e Importações aumentaram 11,6% (8,5% no trimestre anterior) e 3,9%, respectivamente, em termos de volume.

O INE destaca ainda que o Valor Acrescentado Bruto (VAB) a preços base aumentou 7,5%, no 3º Trimestre 2019, o que representa um aumento de 1,4 p.p., em relação ao trimestre anterior.

Discriminando o VAB por sector, verifica-se uma diminuição (de 5,7%) na agricultura, “contribuindo negativamente em 0,2 p.p., para a variação total do crescimento do PIB”.

O ramo da Indústria Transformadora seguiu em sentido contrário e “registou um aumento de 9,9% (7,7% no 2º Trimestre de 2019), contribuindo com 0,4 p.p. para a variação total do crescimento do PIB”.

Na Construção o aumento foi maior, 14,9%, com contribuição de 1,8 p.p.

Comparativamente ao mesmo trimestre de 2018, o VAB do ramo de Comércio apresentou uma variação de 5,1 % em volume (10,0% no Trimestre anterior), traduzindo-se num contributo para a variação homóloga do PIB em 0,3 p.p..

O maior aumento regista-se nos Transportes, que apresentou em termos reais um variação de 26,6% contribuindo em 3,1 p.p. para a variação homóloga do PIB. A este soma-se o aumento no Alojamento e Restauração: 3,3%, correspondendo a 0,3 p.p. no contributo para variação PIB.

“O VAB do ramo da Administração Pública, teve no 3º Trimestre, uma variação homóloga de 7,9% (4,6% no 2º Trimestre de 2019), contribuindo em 0,8 p.p.”, lê-se ainda no documento.

Os Impostos Líquidos de Subsídios sobre os Produtos, em termos reais, apresentaram um crescimento homólogo de 2,1% no 3º Trimestre, contribuindo em 0,3 p.p. para a variação total do crescimento do PIB.

Por fim, explicam o documento que “o crescimento acumulado dos três primeiros trimestres de 2019 ficou-se a dever, essencialmente, às atividades da Eletricidade e Água, Construção, Comercio, Transporte, Serviços Financeiros e Seguros, Administração 

image
image

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,27 dez 2019 10:21

Editado porSara Almeida  em  24 mai 2020 23:20

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.