Passageiros afectados pela suspensão dos voos da CVA podem reagendar ou receber vouchers

PorNuno Andrade Ferreira,18 mar 2020 14:55

​A Cabo Verde Airlines (CVA) está a oferecer a possibilidade de reagendamento ou reembolso, por voucher, de bilhetes emitidos para os voos cancelados, na sequência da suspensão de toda a operação.

Na terça-feira, a companhia aérea anunciou o cancelamento de todos os voos previstos, pelo menos, para os próximos 30 dias.

“Face à situação referida, e tendo em conta a acção do Governo de Cabo Verde de encerrar as fronteiras do país, [a CVA] irá suspender temporariamente todas as suas actividades de transporte, a partir de 18-03-2020”, lê-se no comunicado de ontem.

Questionada pelo Expresso das Ilhas, a empresa esclarece agora que os passageiros afectados podem alterar a data de viagem, “sem taxa de alteração e sem pagar as diferenças de tarifa”, para uma data até 31 de Dezembro.

Em alternativa, os passageiros que ficam em terra poderão adiar a viagem, sem indicar agora a nova data, recebendo, para o efeito, um voucher válido por um ano, a partir da data de emissão. Esse voucher será usado, futuramente, em voos da própria CVA.

Todos os pedidos devem ser encaminhados para o email delayed.journey@caboverdeairlines.com, com indicação dos dados da reserva. 

O governo proibiu as ligações aéreas provenientes de 26 países, incluindo Portugal e Brasil. A medida entra em vigor às 0h00 de dia 19. Mesmo antes da proibição, a transportadora já havia suspendido várias rotas.

A pandemia de Covid-19 já infectou mais de 200 mil pessoas em todo o mundo. Há 8.200 mortos a registar. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Nuno Andrade Ferreira,18 mar 2020 14:55

Editado porSara Almeida  em  7 jul 2020 23:20

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.