Presidente da CCB destaca "postura construtiva" dos parceiros sociais

PorNuno Andrade Ferreira,25 mar 2020 14:14

O presidente da Câmara de Comércio de Barlavento aplaude as medidas tomadas pelo governo para mitigação dos efeitos económicos no país da pandemia de COVID-19. Para Belarmino Lucas, confirma-se o “cenário de consequências devastadoras”.

Na sequência da reunião do Conselho de Concertação Social desta terça-feira, foram acordadas várias medidas de emergência, para garantir maior liquidez às empresas e salvaguardar postos de trabalho.

Para o líder associativo, em declarações à Rádio Morabeza, o registo dos parceiros foi “construtivo”.

“Houve uma postura muito construtiva e colaborante de todo os parceiros sociais. O objectivo é pôr de pé todas estas medidas o mais rapidamente possível, para que os efeitos se façam sentir logo. Vai haver um acompanhamento destas medidas e outras poderão vir a ser tomadas nos próximos tempos”, disse.

As previsões do governo antecipam um recuo do Produto Interno Bruto (PIB) na casa dos 4,1%, quando as estimativas anteriores previam um crescimento de 5,5%.

O turismo será o principal sector afectado, com uma quebra do número de turistas superior a 500 mil. Poderão ser perdidos 18 mil postos de trabalho.

“O programa que foi discutido e aprovado tem como objectivo e pressuposto a salvaguarda dos postos de trabalho e a manutenção da actividade das empresas”, resumiu Belarmino Lucas ao programa Primeiro Plano.

De entre as medidas anunciadas ontem pelo Governo, destacam-se, a criação de quatro linhas de crédito e uma linha de garantia destinadas às empresas, a liquidação imediata, por parte do Tesouro, de facturas pendentes, o reembolso do IVA, a isenção no pagamento de contribuições para o INPS, o pagamento em prestações do IVA e da retenção na fonte e a suspensão e alargamento dos prazos de execução fiscal.

Em casos de suspensão colectiva do trabalho, foi decidido o pagamento de 70% do salário bruto, sendo 35% a cargo do empregador e os outros 35% a cargo do INPS.

O subsídio de desemprego passa a ser atribuído a quem tenha descontado dois meses. O isolamento profiláctico torna-se equiparado à situação de doença com internamento hospitalar.

Belarmino Lucas não tem dúvidas: ”seguramente que vamos vencer a COVID-19”.

Cabo Verde já registou quatro casos de infecção pelo novo coronavírus. Três na Boa Vista e um na cidade da Praia. O primeiro paciente infectado, na ilha das Dunas, acabou por morrer na noite de segunda-feira. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Nuno Andrade Ferreira,25 mar 2020 14:14

Editado porSara Almeida  em  8 jul 2020 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.