União Europeia apoia Cabo Verde com 5 milhões de euros na luta contra a COVID-19

PorExpresso das Ilhas,17 abr 2020 10:33

A União Europeia (UE) vai desembolsar 551 mil contos, destinados ao tesouro nacional, em resposta ao pedido formulado pelo governo.

Numa nota de imprensa enviada às redacções, o governo informa que esta primeira contribuição da UE apoia os esforços do poder executivo na protecção dos mais vulneráveis afectados pelas consequências da COVID-19.

O apoio da UE visa reforçar, conforme a mesma fonte, o Rendimento Social de Inclusão às famílias identificadas em situação de pobreza extrema, a implementação de um Regime de Rendimento Solidário para beneficiar trabalhadores do regime REMPE e por conta própria, incluindo o comércio informal e contribuintes do INPS sem subsídio de desemprego.

Prosseguindo, o documento explica que se visa ainda reforçar a assistência Alimentar às famílias cabo-verdianas em situação de vulnerabilidade e o reforço das acções de cuidados a idosos e pessoas dependentes que vivem isolados.

Recorde-se que o governo apresentou um pacote de medidas emergenciais, dirigidas ao sector informal da economia e às famílias, cujo custo total é superior a 365 mil contos. Desses, 300 mil são direccionados para o Rendimento Solidário.

Aos trabalhadores do regime REMPE e por conta própria, do sector informal, incluindo vendedores do comércio informal e dos mercados municipais, o governo garantiu a atribuição de um valor de 10 mil escudos para um mês.

Relativamente ao Programa Assistência alimentar, o ministério da Família e Inclusão Social informou, na sua página do Facebook, que até 16 de Abril, 120.457 pessoas foram beneficiadas com cestas básicas, o que corresponde a 22. 671 agregados familiares, ultrapassando assim a meta inicial.

Este resultado deve-se à junção de esforços das Câmaras Municipais e de doadores, que permitiu, em quase todos os concelhos, ultrapassar o número de beneficiários inicialmente previstos no Programa.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,17 abr 2020 10:33

Editado porSara Almeida  em  24 jan 2021 23:21

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.