​“Ambicionamos uma economia azul inclusiva e sustentável” – Ulisses Correia e Silva

PorFretson Rocha, Rádio Morabeza,16 nov 2020 19:40

O Primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, reafirma que transformar o mar em economia azul é um grande desafio de Cabo Verde. O chefe do Governo, que presidiu na tarde desta segunda-feira à abertura oficial da 3ª edição da Cabo Verde Ocean Week (CVOW), em São Vicente, diz que a meta consta da Agenda Ambição 2030 do país.

“O objetivo é desenvolver a economia azul num forte compromisso entre a economia e a sustentabilidade, entre a preservação dos recursos e a preservação do ambiente, entre a exploração de recursos costeiros e marinhos e um forte compromisso com a criação de riqueza, emprego e rendimento e a produção de benefícios económicos e ambientais positivos”, disse.

Ulisses Correia e Silva realça que a economia azul é uma grande prioridade para Cabo Verde nas suas diversas vertentes, nomeadamente a nível ambiental, do conhecimento e do saber, da inovação, investigação e do desenvolvimento, da segurança alimentar e económico.

“Ambicionamos por isso uma economia azul inclusiva e sustentável, enquanto importante acelerador do crescimento económico e catalisador de maior resiliência económica, mais emprego e mais bem-estar para as populações. É por isso que nós criamos o Ministério da Economia Marítima, a Zona Económica Especial Marítima e o Campus do Mar, todos sediados em São Vicente. Trata-se de uma opção clara por um modelo focado na vocação regional de São Vicente, na sua história económica ligada ao mar e nas oportunidades que se abrem para o futuro”, aponta.

Correia e Silva diz que o seu executivo definiu funções muito claras para a economia marítima como integradora e impulsionadora de políticas públicas multissectoriais no domínio da economia azul, nomeadamente com a Zona Económica Especial Marítima em São Vicente “para oferecer um quadro coerente e consistente para atração e desenvolvimento de investimentos privados nacionais e estrangeiros nas diversas actividades ligadas à economia do mar”. Também fez referencia à criação do Campus do Mar “para dotar Cabo Verde de recursos humanos qualificados nos diversos domínios da economia azul”.

A edição deste ano do Cabo verde Ocean Week terá um formato diferente, devido à pandemia de COVID-19. Os encontros e as conferências serão virtuais, realizados através das plataformas digitais e com participantes internacionais.

Até sexta-feira, vários temas ligados ao mar e à economia azul estarão em debate

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Fretson Rocha, Rádio Morabeza,16 nov 2020 19:40

Editado porAndre Amaral  em  26 nov 2020 16:19

pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.