PIB com aumento de 30,8% no 2º trimestre de 2021

PorDulcina Mendes,30 set 2021 11:02

O Produto Interno Bruto (PIB) registou, em termos homólogos, um aumento de 30,8%, em volume, no 2º trimestre de 2021, de acordo com os dados das Contas Nacionais Trimestrais divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatísticas (INE).

Segundo o INE, esta evolução é influenciada por um efeito de base, estados de emergências decretados durante o 2º trimestre de 2020, que levou a uma recessão sem precedente da economia e pela reabertura gradual da actividade económica.

“Do lado da procura, a retoma económica é explicada, em larga medida, pelo aumento das exportações, do Consumo Final e do Investimento. Do lado da oferta, o Valor Acrescentado Bruto (VAB), a preços de base, apresentou uma evolução homóloga positiva de 31,9%, destacando-se para o efeito as actividades de Construção, Comércio e Transportes”, indica. 

As Contas Nacionais Trimestrais mostram que os Impostos líquidos de Subsídios apresentaram uma evolução homóloga positiva de 23,2%.

Conforme o INE, no 2º trimestre de 2021, o PIB registou uma variação homóloga de 30,8%, em termos reais, taxa superior em 41,8 pontos percentuais (p.p.) à verificada no 1º trimestre de 2021. 

"O Consumo Final teve uma variação homóloga positiva de 15,4% no 2º trimestre de 2021 (-7,4% no trimestre anterior). O Consumo Privado aumentou 10,7 %, em termos reais no 2º trimestre de 2021 (- 14,5%, no trimestre anterior. O Consumo Público apresentou uma taxa de variação homóloga positiva de 29,6%, em volume (17,2% no trimestre anterior)”, refere a mesma fonte.  

Já no que se refere ao Investimento, os dados mostram que registou uma variação homóloga positiva de 46,4%, em volume, no 2º trimestre de 2021 (16,2% no trimestre anterior).

Conforme os dados do INE, as Exportações de Bens e Serviços, em volume, assinalaram, no 2º trimestre 2021, uma variação homóloga positiva de 69,3% (-66,7% no trimestre anterior). Já as Importações de Bens e Serviços, em termos homólogos, aumentaram 27,0% no 2º trimestre 2021. 

"O VAB a preços de base registou, no 2º trimestre, uma evolução homóloga positiva de 31,9%, em termos reais, aumentando em 40,6 p.p. em relação ao trimestre anterior. O VAB do ramo Agricultura aumentou 2,9%, no 2º trimestre de 2021, contribuindo, negativamente em 0,1 p.p, na variação total do PIB", indica. 

Em relação ao VAB do ramo da Indústria Transformadora, os dados mostram que registou um aumento de 40,6% (-4,1% no 1º trimestre de 2021), contribuindo positivamente em 2,8 p.p. para a variação total do PIB. "O VAB do ramo da Construção assinalou um aumento de 67,3% (5,7% no 1º trimestre de 2021), contribuindo positivamente em 7,5 p.p., na variação total do PIB. Comparactivamente ao mesmo trimestre de 2020, o VAB do ramo de Comércio apresentou, no 2º trimestre de 2021, uma variação homóloga positiva de 40,4%, em volume (15,5% no trimestre anterior), traduzindo-se num contributo para a variação homóloga do PIB em 3,4 p.p".

E o VAB dos ramos de Transporte, Alojamento e Restauração apresentaram, em termos reais, uma variação positiva de 142,1% e 176,9%, respectivamente, no 2º trimestre 2021, (contribuindo positivamente em 6,3 p.p e 0,7 p.p, respectivamente, para a variação total do PIB).

O VAB do ramo da Administração Pública teve, no 2º trimestre, uma variação homóloga de 15,0%, (12,1% no 1º trimestre de 2021) traduzindo-se num contributo para a variação homologa do PIB de 3,5 p.p.

Por sua vez, os Impostos Líquidos de Subsídios sobre os Produtos, em termos reais, apresentaram uma variação homóloga de 23,2% no 2º trimestre, contribuindo em 2,9 p.p para a variação total do PIB. 

O valor acumulado dos dois primeiros trimestres (1º semestre de 2021), verifica-se que a variação positiva do PIB teve como especial destaque as seguintes actividades: Transporte, Construção, Indústria Transformadora e da Administração pública. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Dulcina Mendes,30 set 2021 11:02

Editado porAndre Amaral  em  19 out 2021 21:19

pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.