Edição 1039

PorExpresso das Ilhas,27 out 2021 0:01

A poucos dias do debate sobre a situação da Justiça em Cabo Verde, o Expresso das Ilhas faz manchete com a entrevista à ministra que tem a tutela desse sector.

Nesta conversa com o Expresso das ilhas, a ministra da Justiça, Joana Rosa, fala do presente – dos desafios e prioridades – mas também do futuro esperado para o sector. São muitos os projectos e medidas em curso, com forte incidência sobre as novas tecnologias, que se espera virem a resolver velhos problemas, como a morosidade. Para Joana Rosa não há dúvidas de que quando o sistema de informação da Justiça estiver a funcionar em pleno, vários problemas serão colmatados. Operacionalizar, o SIJ é, aliás, uma das principais missões do seu mandato. Outros objectivos destacados são a criação de um espaço digno para a Comarca da Praia (Campus da Justiça) e o combate às prescrições, essa “denegação da justiça”, no Ministério Público.

Destaque também para o 30º aniversário do INPS.

O Instituto Nacional de Previdência Social faz hoje anos. Razão para esta conversa com Orlanda Ferreira, Presidente da Comissão Executiva que aponta os avanços que esta instituição alcançou no que respeita a benefícios e cobertura social dos trabalhadores e aponta os desafios que a pandemia e o envelhecimento da população podem causar.

A sustentabilidade do turismo em Cabo Verde é outro dos temas a merecer destaque na edição desta semana.

Numa altura em que o turismo aparenta alguma retoma, a questão da sustentabilidade volta à ordem do dia. O turismo que deve ser edificado daqui para a frente, sustentável e inclusivo, foi o tema escolhido por Eugénio Inocêncio, Presidente da Associação de Turismo de Santiago, na intervenção que teve na Semana do Turismo.

Na Saúde destacamos a relação que se tem vindo a estabelecer entre os profissionais deste sector e as redes sociais.

Hoje, as redes sociais são uma extensão do dia-a-dia das pessoas em todos os aspectos e não foi diferente na área da saúde. Há cada vez mais profissionais do sector que usam as redes sociais como Facebook e Instagram para esclarecer os pacientes, mas também para os atrair para as clínicas onde trabalham, sobretudo os mais jovens.

Esta semana falamos, também, sobre cibersegurança.

O cibercrime faz parte das dores de crescimento da economia digital. Ao mesmo tempo, o crime cibernético é, actualmente, um dos principais riscos para o e-commerce africano, especialmente neste momento, em que o continente está em transição para a Área de Livre Comércio Continental (AfCFTA). Há benefícios e perigos na economia digital, razões para, como refere ao Expresso das Ilhas o presidente da ARME (Agência Reguladora Multissectorial da Economia), Isaías Barreto da Rosa, considerar a questão da cibersegurança como um desígnio nacional.

Com o aproximar do Halloween trazemos-lhe também história de bruxas.

Em Cabo Verde esta data é uma celebração ainda insipiente, mas o que não falta a estas ilhas são histórias sobre bruxarias e feitiçarias. O Expresso das Ilhas compilou algumas destas histórias passadas no interior de Santo Antão e Santiago.

A ler, também, a opinião de António Ludgero Correia com ‘Seguro Colheita’ e de João Duarte Fonseca com ‘Impressões de uma visita à Chã das Caldeiras’.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,27 out 2021 0:01

Editado porAndre Amaral  em  1 dez 2021 11:19

pub.

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.