Qu Dongyu sucede a Graziano da Silva na liderança da FAO

PorExpresso das Ilhas, ONU News,25 jun 2019 8:34

Qu Dongyu da China foi eleito director-geral da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO. O chinês sucede a Graziano da Silva, o brasileiro que ocupa o cargo desde 2011 e termina o seu mandato a 31 de Julho.

Na eleição que aconteceu domingo, Qu Dongyu recebeu um total de 108 votos de 191 Estados, conseguindo uma maioria à primeira volta. 

A escolha ocorreu durante a 41ª sessão da Conferência da FAO, que acontece em Roma, entre 22 e 29 de Junho.

Qu Dong Yu, nascido em 1963, é actualmente vice-ministro da Agricultura e Assuntos Rurais da China.

O representante será o nono director-geral da FAO desde que a Organização foi fundada em 16 de Outubro de 1945.

O mandato do novo director-geral terá início em 1 de Agosto e terminará em 31 de Julho de 2023.

Em mensagem publicada no Twitter, Graziano da Silva deu os parabéns ao seu sucessor, desejando que “possa continuar a liderar a organização na construção de um mundo com Fome Zero, na promoção de sistemas alimentares sustentáveis e garantindo dietas saudáveis para todos.”

O representante também destacou a “visão do director-geral eleito em promover a Cooperação Sul Sul e dar prioridade a África para continuar o desafio Fome Zero.” Disse também que essas foram prioridades importantes durante seus mandatos e que tem a certeza que serão fortalecidas nos próximos anos.

Graziano da Silva também referiu o trabalho dos funcionários da FAO durante a eleição, que considerou “um processo directo e transparente.” Ele disse que o seu sucessor terá um período de transição tranquilo, até ao seu último dia no cargo, a 31 de Julho.

Por fim, o director-geral afirmou que a sua “maior esperança” é que a FAO “continue a brilhar como um farol para o multilateralismo, aberta ao diálogo e às parcerias, e profundamente empenhada em criar um futuro melhor para todas as pessoas e para o nosso planeta.”

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, ONU News,25 jun 2019 8:34

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  11 dez 2019 23:21

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.