Chefes da diplomacia da CPLP apelam à Guiné-Bissau para manter "condições" para realização de eleições presidenciais

PorExpresso das Ilhas, Lusa,26 set 2019 8:20

​Os ministros dos Negócios Estrangeiros e das Relações Exteriores da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) apelaram hoje (quarta-feira à noite em Nova Iorque) para que sejam mantidas as "condições indispensáveis" à realização das eleições presidenciais na Guiné-Bissau.

Num comunicado emitido esta quarta-feira ao final da noite em Nova Iorque, madrugada de hoje em Portugal, os ministros dos Negócios Estrangeiros e das Relações Exteriores dos estados-membros das CPLP, que se reuniram informalmente no dia 24, naquela cidade, no âmbito da 74.º sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas manifestam preocupação relativamente aos recentes desenvolvimentos apresentados pela ministra dos Negócios Estrangeiros guineense, Suzi Barbosa, e apelam para que o país conclua o seu processo eleitoral.

"Ao tomar nota de recentes desenvolvimentos políticos na Guiné-Bissau, apresentados pela ministra dos Negócios Estrangeiros do país, os ministros apelam a que sejam mantidas as condições indispensáveis à conclusão do processo eleitoral em curso, de modo a que o povo guineense possa escolher livre e soberanamente o seu Presidente da República", lê-se no comunicado.

Os ministros consideram, na mesma nota, que "é imperativo que a Guiné-Bissau termine com êxito ao atual ciclo político-eleitoral, conseguindo assim a estabilidade institucional necessária à consolidação da democracia e ao desenvolvimento e bem-estar da sua população".

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,26 set 2019 8:20

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  14 jun 2020 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.