Chefe da diplomacia prepara visita à Guiné-Bissau

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,25 jul 2019 8:16

Luís Filipe Tavares
Luís Filipe Tavares

​O ministro dos Negócios Estrangeiros e Comunidades, Luís Filipe Tavares, desloca-se brevemente à Guiné-Bissau, com a questão da cooperação bilateral e o papel da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) na agenda.

A garantia foi dada pelo governante, que falava à imprensa, ontem à tarde, na Cidade da Praia, depois de ter sido recebido em audiência pelo Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca.

“Agora vou trabalhar com a minha colega para preparar a minha visita a Guiné-Bissau, onde vamos falar da cooperação bilateral, do papel da CPLP, que tem sido activo. Temos acompanhado o processo da Guiné-Bissau no quadro do grupo chamado P5, que inclui a União Europeia, CEDEAO, CPLP”, sublinhou.

O chefe da diplomacia cabo-verdiana mostra-se confiante que, com as eleições presidenciais previstas para 24 de Novembro, o país termine um ciclo político e inicie outro que  “ vai garantir alguma estabilidade ou total estabilidade à Guiné-Bissau".

Durante o encontro, esteve também sobre a mesa a questão da mobilidade, analisada durante a reunião do Conselho de Ministros da CPLP, que decorreu na última sexta-feira, 19, no Mindelo.

Comissão técnica tem até Novembro para elaborar redacção final do acordo sobre mobilidade

Os responsáveis da diplomacia da CPLP decidiram hoje, no Mindelo, delegar a uma comissão técnica a redacção da proposta final sobre o reforço da mobilidade no espaço lusófono. Não foram levantadas objecções à proposta de Cabo Verde. A proposta regressará ao conselho de ministros no primeiro trimestre de 2020.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,25 jul 2019 8:16

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  12 nov 2019 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.