O início da internacionalização do futebol das ilhas de Cabo Verde

PorWilliam Vieira,23 abr 2020 7:10

Segundo fontes oficiais da entidade máxima que gere o futebol mundial (FIFA), depois do surgimento do futebol britânico, desde a sua regulamentação pela Cambridge University e posteriormente aprimorada no encontro dos 11 representantes da escola de Londres em 1863, na “Freemason's Taverns”, foram fundadas as regras da Association Football e afastado completamente o futebol do rugby.

Como atesta o artigo oficial da FIFA, History of football – The Global Grow (História do futebol- o crescimento global), dado a proximidade geográfica, depois da Inglaterra, a Escócia foi a primeira região do Reino Unido a ser implementado o futebol em 1873. País de Gales em 1875 e Irlanda em 1880, foram seguidamente as outras regiões britânicas onde chegou o futebol, países reconhecidos hoje mundialmente pela FIFA.

No contexto europeu, Holanda e Dinamarca foram os primeiros países “não britânicos” a serem reconhecidos e a nível de outros continentes, como é o caso da Oceânia, na Nova Zelândia chegou em 1891 e na América teve a sua iniciação, primeiramente no Chile em 1985 e depois Uruguai em 1990.

No que diz respeito ao futebol cabo-verdiano, alguns anos após a mundialização do futebol e no mesmo ano da fundação da FIFA (1904), segundo registos oficiais, baseado em pesquisas estribadas no futebol português e mundial, o primeiro cabo-verdiano a atuar no futebol fora das ilhas de Cabo Verde foi Fortunato Levy.

Levy jogou no Benfica entre o ano de 1904 a 1907, participou na fundação do clube e foi o primeiro capitão de sempre do SL Benfica.

Ademais, segundo o Sporting Clube de Portugal, Fortunato Levy, natural da cidade da Praia, representou o Sporting Clube de Portugal no ano de 1908-09, ficando assim como o primeiro cabo-verdiano ultramar a representar o futebol nos dois grandes de Lisboa.

Segue-se depois Adérito Sena, natural de Mindelo, 30 anos depois de Fortunato, com a saída do SC Mindelense, no ano desportivo 1935-36, para o Boavista de Portugal.

Adérito Sena foi um excelente atleta proveniente de uma geração familiar de excelentes futebolistas como os seus irmãos Aires e Alector Sena que vieram dar a sequência na internacionalização do futebol cabo-verdiano, jogando no Vitória de Setúbal e no Boavista de Portugal, um ano depois, em 1936-37.

Mais tarde, em 1944, Roqui chegou ao Sporting CP, oriundo do Sporting de São Vicente e em 1945, Ben David aterrou na Metrópole para representar o Fabril Barreiro proveniente do Mindelense, procurando tanto jogar como trabalhar no sentido de buscarem melhores condições de vida.

Ficam assim distribuídos até hoje, os primeiros cabo-verdianos a atuar no futebol mundial:

1º Fortunato Levy- SL Benfica (1904-05);

2º Adérito Sena- Boavista de Portugal (1935-1936);

3º Alector Sena – Vitória Setúbal e Aires Sena- Boavista de Portugal (1936-37).

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:William Vieira,23 abr 2020 7:10

Editado porSara Almeida  em  26 nov 2020 23:20

pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.