PAICV "estupefacto" com mudança de instalações da AMP

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,11 jan 2018 14:29

13

Manuel Inocêncio e João do Carmo
Manuel Inocêncio e João do Carmo(Rádio Morabeza)

Indignados e estupefactos é como os deputados do PAICV se sentem com a forma como o governo está a dirigir o processo de instalação do Ministério da Economia Marítima em São Vicente, o que implica a saída da AMP das suas actuais instalações.

A posição foi expressa esta manhã pelo deputado Manuel Inocêncio Sousa, no balanço da visita dos Deputados do PAICV, eleitos por São Vicente.

Os parlamentares recordam que desde a construção do prédio que os serviços marítimos e portuários estão instalados na marginal.

Uma instituição historicamente instalada e que, de um dia para o outro, um governo, sem nenhum diálogo, nenhum discussão prévia, dá ordem de despejo”, refere.

Manuel Inocêncio apresenta como alternativa de local para a instalação do Ministério da Economia Marítima (MEM) o espaço para o qual a Agência Marítima Portuária será transferida, no edifício da Câmara de Comércio.

“É o que faz sentido, porque a instalação também é digna e não provoca todo esse desarranjo e desconsideração para com as instituições e para as pessoas. Os funcionários implicados estão altamente indignados”, explica.

Os deputados do PAICV também estiveram reunidos com os sindicatos afectos à UNTC-CS.

Manuel Inocêncio manifesta-se preocupado com o contínuo agravamento do desemprego em São Vicente e afirma que não há nenhuma perspectiva concreta de iniciativas geradoras de postos de trabalho.

“Continua a haver reduções de pessoal, com a extinção de firmas comerciais, há um sentimento de desencanto com a não contemplação do aumento salarial no orçamento de 2018, os sindicatos já falam até em reivindicar um orçamento rectificativo” comenta.

Durante a visita de círculo, que antecedeu a conferência de imprensa desta manhã, os eleitos do maior partido da oposição dedicaram atenção ao desporto, com um diagnóstico igualmente negativo sobre a situação do sector.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,11 jan 2018 14:29

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  18 nov 2018 3:23

13

pub.
pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.