Conclusões do relatório da CPI do Novo Banco não foram consensuais

PorAndre Amaral,14 mar 2018 12:39

Manuel Inocêncio, presidente da CPI ao Novo Banco
Manuel Inocêncio, presidente da CPI ao Novo Banco

Manuel Inocêncio Sousa, presidente da CPI do Novo Banco, entregou hoje ao Presidente da Assembleia Nacional em exercício, Austelino Correia, o relatório final sobre as investigações àquela instituição bancária. Relatório vai agora ser debatido no Parlamento e publicado no Boletim Oficial.

À saída do encontro com Austelino Correia, o presidente da CPI, Manuel Inocêncio Sousa, revelou que as conclusões presentes no relatório da Comissão Parlamentar de Inquérito não foram consensuais e que os deputados do PAICV votaram contra o texto conclusório do documento.

"O relatório, no seu corpo, é praticamente consensual e resulta da contribuição de todos os membros da comissão. Mas não conseguimos consensualizar as conclusões. Relativamente às conclusões, foi preciso um voto para as termos e as conclusões que estão no relatório são as votadas pela maioria dos membros da CPI que são do MpD", esclareceu Inocêncio Sousa que explicou igualmente que "o relatório traz também a declaração de voto dos deputados do PAICV na sequência da aprovação dessas conclusões e em que os deputados do PAICV apresentam a sua versão".

Quanto ao conteúdo do relatório, Inocêncio Sousa revelou que é  "difícil, enquanto presidente da comissão, estar a dizer o que sai da CPI. O que posso dizer é que cumprimos a missão que o parlamento nos atribuiu de ir a fundo de todo o processo do Novo Banco. Desde a sua criação até ao processo que resultou na sua resolução".

"Tivemos a oportunidade de estudar toda a documentação relativamente ao banco de ouvir penso que todas as personalidades relevantes, ou seja todas as personalidades que podiam contribuir para clarificar esse processo, e chegamos ao fim com o relatório", concluiu.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Andre Amaral,14 mar 2018 12:39

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  19 set 2018 3:22

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.