Presidente ratifica SOFA

MpD acha que PAICV está incomodado com instalação do Ministério da Economia Marítima em São Vicente

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,12 jan 2018 10:36

Humberto Lelis, João Gomes, Celeste Fonseca
Humberto Lelis, João Gomes, Celeste Fonseca(Rádio Morabeza)

O MpD diz que só quem abandonou São Vicente é que se sente incomodado com a decisão do Governo em criar o Ministério da economia marítima na ilha. A polémica do momento mereceu ontem uma toma de posição por parte do partido no poder.

Resposta de João Gomes às declarações de Manuel Inocêncio Sousa, do PAICV, sobre o processo de instalação do ministério de José Gonçalves nas instalações agora ocupadas pela AMP.

“O PAICV viu-se relegado para a terceira posição no elenco dos partidos concorrentes em São Vicente e não perdoa que, agora, o Governo está a cumprir com aquilo que prometeu. O Governo está a apostar na descentralização”, explica.

Para João Gomes, é incompreensível ver um deputado a incentivar os trabalhadores da AMP a desobedecerem a uma ordem dada pelo Governo.

“Vir incitar os trabalhadores, colaboradores da AMP ou da capitania, e de todas as instituições sediadas no edifício, a desobedecerem, dizendo que se fosse ele desobedecia, isso é uma medida intolerável e tem de ser repudiada pela nação cabo-verdiana, porque é uma tremenda falta de responsabilidade”, refere.

A instalação do Ministério da Economia Marítima em São Vicente ditou a mudança de instalações da Agência Marítima Portuária.

A equipa de José Gonçalves ficará instalada no edifício da avenida marginal, obrigando os funcionários da autoridade marítima a mudar de casa, para o prédio da Câmara do Comércio, no centro da cidade.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,12 jan 2018 10:36

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  19 set 2018 3:22

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.