ICCA debate melhoria das capacidades de intervenção

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,23 out 2018 12:03

A morosidade da justiça é o maior constrangimento que o Instituto Cabo-verdiano da Criança e do Adolescente (ICCA), tem enfrentado. A revelação é da presidente do instituto, em declarações aos jornalistas, à margem do 4º Encontro Nacional de Coordenação e Reforço das Capacidades Técnicas de Intervenção do ICCA.

Maria José Alfama diz que, quando há violação de direitos, a pressão das famílias e da sociedade recai sobre o ICCA

"Enquanto coordenadores deste processo e coordenadores do sistema de protecção, sentimos que temos de estar em contacto permanente com as diferentes instituições e exigir mais", explica.

A Ministra da Família e Inclusão Social, Maritza Rosabal, destaca o trabalho com crianças de e na rua.

"Temos que debelar este problema e temos outras questões. Há crianças que permanecem um tempo na rua, que não estão na escola, ou mais tempo na rua do que em casa. Temos que trabalhar, é uma das questões a ser trabalhada”, avança.

O 4º Encontro Nacional de Coordenação e Reforço das Capacidades Técnicas de Intervenção do ICCA decorre de hoje até 26 de Outubro, na cidade da Praia, e conta com participação de dirigentes e psicólogos de todas as ilhas do arquipélago, com o objectivo de avaliar as respostas que o ICCA tem dado às solicitações do dia-a-dia.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,23 out 2018 12:03

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  20 fev 2019 23:22

pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.