Incendiário do Planalto Leste conhece sentença em Abril

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,14 mar 2019 10:45

​O alegado autor do incêndio que, em Julho de 2018, devastou o perímetro florestal do Planalto Leste, Santo Antão, consumindo 200 hectares da floresta, foi julgado esta semana, devendo a sentença ser conhecida a 11 de Abril.

O indivíduo do sexo masculino, de 29 anos, natural de Água das Caldeiras, no Planalto Leste, que aguardou o julgamento em prisão preventiva, é suspeito de ser o autor do crime de fogo posto, que originou o incêndio de grandes proporções, que destruiu, em Julho de 2018, um terço da reserva florestal.

Foi o maior incêndio ocorrido no perímetro florestal, que está agora a ser alvo de um programa de recuperação, que deve demorar, pelo menos, cinco anos.

O plano de recuperação da floresta, com 1.600 hectares de extensão, ronda os 30 mil contos e consiste em quatro acções, corte e limpeza, replantação e conservação de solos e água, produção de plantas e informação e sensibilização.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,14 mar 2019 10:45

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  23 mar 2019 23:22

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.