DNS desafia autarquias a promoverem festivais sem álcool

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,1 jul 2019 15:19

Artur Correia
Artur Correia

​O director nacional da Saúde desafia as câmaras municipais a assumirem um “pacto nacional” para promoverem “festivais sem álcool” no país.

Artur Correia lança o repto às autarquias, ao falar à margem da cerimónia de comemoração dos três anos da campanha presidencial de prevenção do uso abusivo do álcool “Menos Álcool Mais Vida”, que teve lugar esta manhã, na Presidência da República.

A iniciativa reforça a atenção que o Ministério da Saúde e da Segurança Social têm dado à problemática do álcool em Cabo Verde, através da Comissão do Álcool e outras Drogas.

“Cabo Verde tem respondido de forma satisfatória a essa grande iniciativa, nesta abordagem holística, pluridisciplinar e multissectorial para o problema do álcool, que de facto é um problema gravíssimo, de saúde pública em Cabo Verde, que afecta camadas importantes da nossa população”, afirmou.

A problemática está na origem da chamada carga da doença em morbilidade e mortalidade, ligada “muito fortemente” a uma das três principais causas de morte em Cabo Verde, o cancro do aparelho digestivo.

“Seria uma iniciativa louvável por parte dos presidentes das câmaras, assinarmos (…) esse protocolo para fazermos os nossos festivais sem álcool”, apela.

No âmbito das comemorações do terceiro aniversário da campanha, a Presidência da República assinou um pacto com os partidos políticos com assento parlamentar (MpD, PAICV, UCID), no sentido de contribuírem para a prevenção do uso abusivo de bebidas álcool.

Os três partidos comprometem-se a apoiar todas as actividades que tenham por objectivo a promoção de estilos de vida saudáveis.

Ainda foi rubricado um pacto com as universidades Uni-CV e ISCEE.

Com a Cruz Vermelha de Cabo Verde foi rubricado um outro protocolo para o fortalecimento da campanha.

A Presidência da República aproveitou a ocasião para prestar um reconhecimento às personalidades, artistas e instituições que deram o seu contributo para a promoção da campanha ao longo dos últimos três anos.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,1 jul 2019 15:19

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  29 mar 2020 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.