Bombeiros Municipais da Praia em greve de dois dias

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,8 jul 2019 11:39

Bombeiros Municipais da Praia
Bombeiros Municipais da Praia(Rádio Morabeza)

Os Bombeiros Municipais da Praia iniciaram hoje uma greve de dois dias. Esta manhã, estiveram concentrados em frente aos Paços do Concelho.

O Presidente do SIACSA, Gilberto Lima, revela que a causa da greve prende-se com a morosidade da Câmara Municipal da Praia em resolver o problema ligado ao subsídio de risco.

"Como sabem, os Bombeiros trabalham em situação de risco e curiosamente não têm um subsídio para cobrir esse risco, enquanto os [funcionários] de saneamento têm. Automaticamente cria-se a violação do princípio de igualdade de oportunidade.", explica.

Gilberto Lima diz que a greve poderia ser evitada, se a Câmara Municipal da Praia tivesse aparecido na reunião de conciliação, à luz do artigo 118 do Código Laboral.

"A presença era obrigatória, deixou os sindicatos e a direcção nacional de trabalho por 46 minutos e não compareceram. A Direcção Geral de Trabalho tem de fazer o seu papel que é encaminhar o problema ao Ministério Público", avança.

Gilberto Lima assegura que os serviços mínimos estão garantidos durante os dois dias de greve, com 13 soldados da paz ao serviço.

Cerca de 90% por cento dos Bombeiros da Praia aderiram à greve, números do sindicato

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,8 jul 2019 11:39

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  21 set 2019 23:22

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.