Órgão de prevenção da tortura da ONU pela primeira vez em Cabo Verde

​O Subcomité das Nações Unidas para a Prevenção da Tortura (SPT) realiza por estes dias a sua primeira visita a Cabo Verde. A visita começou domingo, 29, e prolonga-se até 10 de Outubro.

O Subcomité examinará o tratamento de pessoas privadas de liberdade e as garantias em vigor para a sua protecção contra a tortura e maus-tratos. Esta visita terá um forte foco no recentemente estabelecido Mecanismo Nacional de Prevenção (MNP), que vai funcionar junto da Comissão Nacional para os Direitos Humanos e Cidadania.

A delegação de cinco membros terá discussões com representantes do governo, sociedade civil, entidades da ONU e outras personalidades.

Nos termos do Protocolo Facultativo à Convenção contra a Tortura (OPCAT), os Estados têm a obrigação de estabelecer um órgão de monitorização, conhecido como Mecanismo Nacional de Prevenção (MNP), dentro de um ano após a ratificação do Protocolo. Cabo Verde ratificou o Protocolo em 2016 e estabeleceu o seu MNP em Setembro de 2018.

“Um MPN forte é a maneira mais eficiente de prevenir a tortura e maus-tratos em locais de privação de liberdade e, como Cabo Verde acaba de estabelecer o seu mecanismo, focaremos a nossa visita em aconselhá-lo a cumprir seu mandato da melhor maneira possível, inclusive através de uma estrutura funcional independente adequada, bem como de uma abordagem interdisciplinar ”, afirmou Nora Sveaass, chefe da delegação. 

“É claro que também visitaremos diferentes locais de detenção, pois é a primeira visita do SPT ao país, para monitorizar as condições de detenção e examinar as salvaguardas jurídicas que as pessoas privadas de liberdade têm”, acrescentou.

No final da visita, a delegação apresentará as suas observações preliminares confidenciais ao Governo de Cabo Verde, bem como ao Mecanismo Nacional de Prevenção.

A delegação é composta por Nora Sveaass (Noruega, Chefe de Delegação), Marija Definis-Gojanovic (Croácia), Hameth Saloum Diakhate (Senegal), Nika Kvaratskhelia (Geórgia) e Victor Zaharia ( República da Moldávia).

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Rádio Morabeza,30 set 2019 10:59

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  15 out 2019 10:19

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.