“Constrangimentos no transporte das amostras estão sendo ultrapassadas”- ministro da Saúde

PorSheilla Ribeiro,19 mar 2020 14:32

Arlindo do Rosário
Arlindo do Rosário

O ministro da Saúde e da Segurança Social, Arlindo do Rosário, anunciou hoje que os constrangimentos no transporte das amostras para o teste à covid-19 provenientes das outras ilhas estão a ser ultrapassadas com a Agência de Aviação Civil (AAC).

“Havia um problema para a definição não só do tipo de embalagem -  a embalagem que está a ser utilizada é uma embalagem recomendada pela OMS -  mas esses constrangimentos estão sendo ultrapassados com a AAC”, garantiu o ministro aos jornalistas, à margem de uma visita do Presidente da República ao Laboratório de virologia do Instituto Nacional da Saúde Pública, no Hospital Agostinho Neto.

Segundo o governante, a amostra ao caso suspeito de Santo Antão já está na Praia e espera-se que ainda hoje se tenha o resultado. O tempo das respostas dos exames das outras ilhas, continuou, vai depender dos voos.

“Chegando aqui, num prazo de 6 horas pode haver os resultados. Em princípio em um dia, dois dias no máximo teremos os resultados”, disse.

Questionado sobre as medidas que o governo vai adoptar para garantir que as famílias mais vulneráveis tenham rendimento durante o período de contenção, Arlindo do Rosário avançou que as mesmas serão discutidas na reunião do Conselho de Concertação Social.

Ainda não há uma data para a reunião mas, segundo o ministro, esta vai ocorrer para breve. Nessa reunião, informou, serão discutidas medidas não só em relação à segurança social, mas também referentes ao emprego, transportes públicos, segurança sanitária, e” todas as outras áreas de uma forma geral”.

No que se refere à quarentena, Arlindo do Rosário proferiu que, até agora, o governo tem apelado à consciência das pessoas que chegam ao país.

De todo o modo, retomou, mesmo não sendo possível através da legislação impor a lei de quarentena obrigatória, tendo sido recomendada quarentena em casa é possível vigiar e velar para que a mesma seja cumprida.

“Esta é uma situação de ameaça para a saúde pública, ameaça à saúde dos próprios familiares. Caberia a cada um ter, de facto, esta consciência e velar não só pela sua saúde, pela sua segurança, mas pela segurança dos seus”, declarou.

Em referência aos seis novos casos suspeitos, o ministro revelou que ainda hoje as amostras deverão chegar à Praia, e que “provavelmente” até o final do dia sairão os resultados para serem comunicados.

“Nós estamos a acompanhar todas as informações no dia-a-dia e toda a informação tem sido passada no dia-a-dia. Temos todo o interesse, até para prevenir a ansiedade e diminuir a situação de pânico que existe. Pedimos às pessoas que confiem nos serviços de saúde, nós devemos passar toda a informação a tempo porque é isto que é mais importante”, reiterou.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Sheilla Ribeiro,19 mar 2020 14:32

Editado porSara Almeida  em  28 mar 2020 23:20

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.