Polícia da Boa Vista declara “tolerância zero” para incumprimento das medidas do estado de emergência

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,14 abr 2020 7:48

1

O comando regional da Polícia Nacional da Boa Vista declarou esta segunda-feira “tolerância zero” para o desrespeito das regras estipuladas no decreto presidencial que declara o estado emergência devido à pandemia de COVID-19, salvaguardando as excepções impostas pela lei.

Esta posição foi anunciada pelo comandante regional, Bremen Cardoso, em conferência de imprensa, depois de surgirem mais dois casos positivos de infecção pelo novo coronavírus na ilha da Boa Vista.

“É chegada a hora e o momento de todos os cidadãos de Boa Vista cumprirem à risca aquilo que está estipulado no decreto presidencial anunciado no estado de emergência”, disse Bremen Cardoso, informando que a polícia já registou até ao momento milhares de abordagens policiais.

O comandante anunciou que a polícia já aumentou e elevou o nível de controlo e fiscalização, salvo raras excepções previstas na lei, garantindo “tolerância zero em relação as pessoas que não respeitarem regras de prevenção”.

Bremen Cardoso disse “estar claro o aumento do nível de segurança, alerta e de preocupação face ao risco iminente de vir a aparecer mais casos” e voltou a pedir às pessoas para ficarem em casa e sairem só em caso de extrema necessidade, salvaguardando as excepções impostas pela lei.

Informou ainda que desde o início do estado de emergência, a Polícia registou na ilha 12 detenções, que já foram conduzidas para o tribunal, tendo os infractores sido condenados a crime de desobediência, por pena suspensa e aplicados multa.

“Vamos continuar a deter pessoas quer a peado, quer a viatura que não respeitarem e colocarem em risco a vida de outras pessoas com a proliferação deste novo coronavírus”, advertiu Bremen Cardoso, frisando o apelo da população para ficar em casa e não em aglomerados de pessoas a soleira de porta.

Entretanto, o comandante disse que se observa que nos últimos dias as pessoas têm vindo a mudar de comportamento, notando-se um retrocesso no cumprimento das medidas de prevenção.

Garante que a polícia tem vindo “incansavelmente” a fazer vigilância, informando e pedindo à população o cumprimento do recolhimento obrigatório, entre outros conjuntos de operações com os parceiros de Gabinete de Crise.

A Protecção Civil, Forças Armadas, Polícia Judiciária, Delegacia de Saúde, Câmara Municipal, Inspecção-Geral das Actividades Económicas (IGAE) e Cruz Vermelha são alguns dos parceiros da Polícia Nacional na luta contra a COVID-19.

Cabo Verde regista dez casos confirmados, sendo um em São Vicente, três na cidade da Praia e seis na Boa Vista, entre os quais um óbito, um cidadão inglês de 62 anos, que se encontrava de férias na ilha.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da COVID-19, já provocou mais de 109 mil mortos e infectou quase 1,8 milhões de pessoas em 193 países e territórios. Dos casos de infecção, quase 360 mil são considerados curados.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,14 abr 2020 7:48

Editado porSara Almeida  em  30 out 2020 23:20

1

pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.