COVID-19: INSP avança com estudo de seroprevalência do coronavírus

PorAndre Amaral,24 jun 2020 11:34

1

Presidente do Instituto Nacional de Saúde Pública, Maria da Luz Lima, anunciou hoje o arranque do inquérito que vai apurar a circulação do coronavírus em Cabo Verde. Ao todo são 6500 pessoas, dos 10 aos 80 anos, que vão ser inquiridas em todo o país.

O estudo, que começa hoje a ser feito em todo o país, vai servir para conhecer "a real circulação do vírus no país", explicou a presidente do INSP, Maria da Luz Lima.

A mesma responsável acrescentou que durante a realização do inquérito as pessoas inquiridas vão ser testadas para a presença de anti-corpos. "Se eles existirem quer dizer que já houve contacto com o vírus e isso vai-nos permitir conhecer a prevalência da circulação do vírus no país" e correlacionar esses dados recolhidos "com alguns aspectos socio-demográficos".

O estudo vai decorrer em todos os concelhos do país, os inquiridores "já foram formados e hoje já vão para o terreno fazer esse inquérito" que será feito pelo Ministério da Saúde e pelo Instituto Nacional de Estatística e que terá um custo de 19 mil contos. "Dentro de 10 a 15 dias contamos ter finalizado as actividades no terreno", concluiu a presidente do INSP.

"Rapidamente saberemos os resultados desse inquérito que é muito importante para ajudar na tomada de decisões nesta área da COVID-19", assegurou a presidente do INSP que explicou, também, que o estudo que hoje arranca vai permitir ter o conhecimento "do grau de infecção que está no país".

O estudo vai ser realizado, como já foi referido, a nível nacional e "cada concelho terá pelo menos dois inquiridores e depois há um supervisor por cada concelho", sendo que, relativamente ao número de inquiridores, Praia e São Vicente vão contar com um número maior destes técnicos "por uma questão de significância estatística", apontou Maria da Luz Lima.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Andre Amaral,24 jun 2020 11:34

Editado porSara Almeida  em  21 set 2020 23:21

1

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.