Cidade Velha : Igreja de Nossa Senhora do Rosário reabriu hoje

PorExpresso das Ilhas, Lusa,11 jul 2020 14:29

A mais antiga igreja de Cabo Verde, construída na Cidade Velha cerca de 30 anos depois da descoberta do arquipélago, reabriu hoje, após 20 meses de obras de reabilitação financiadas por Cabo Verde e Portugal.

A reabilitação da secular igreja de Nossa Senhora do Rosário foi dada como concluída hoje, com a entrega das chaves à diocese, inserindo-se o templo no centro da Cidade Velha, que foi classificada pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) como Património da Humanidade em 10 de maio de 2009.

Durante a cerimónia, o primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, disse tratar-se de uma intervenção que “aumenta claramente o valor do património mundial da humanidade que é a Cidade Velha”, o “berço da cabo-verdianidade”.

As obras naquela igreja, na ilha de Santiago, com mais de 500 anos e onde pregou o Padre António Vieira e por onde terão passado Vasco da Gama e Cristóvão Colombo, arrancaram em Dezembro de 2018, ao abrigo do plano nacional de reabilitação dos edifícios históricos e religiosos, sendo financiadas pelo Fundo do Turismo de Cabo Verde.

Construída em 1495, a igreja de Nossa Senhora do Rosário, no concelho de Ribeira Grande de Santiago, integra um dos raros exemplos da arquitetura gótica na África subsaariana, possuindo características típicas da arquitetura quinhentista.

Foi construída no local onde existia uma pequena capela gótica, fazendo esta parte da estrutura actual, com influência manuelina, com arco quebrado, ladeado por duas gárgulas, cobertura em abóbada de nervuras com fechos policromos, segundo descrição daquele ministério.

“Uma igreja bem antiga, mas completamente nova, bem preservada”, sublinhou Ulisses Correia e Silva, apontando que a Cidade Velha é uma “referência” para Cabo Verde e que a sua história de mais de 500 anos “deve ser contada ao mundo”.

“Nós não andamos à procura de identidade. Os cabo-verdianos sabem exatamente quais são as suas raízes, não põe em causa. E quando é assim, a nação é forte, porque as pessoas ficam, primeiro, em paz com a sua história, valorizam e gastam energia noutras coisas, não na procura de raízes”, apontou Ulisses Correia e Silva.

Arqueólogos do Instituto do Património Cultural (IPC) de Cabo Verde realizaram no final de maio uma intervenção de urgência na capela gótica daquela igreja, depois de descobertas imagens de santos durante uma escavação.

O IPC explicou na ocasião que no âmbito do restauro em curso na parte da capela, financiado pelo instituto Camões, de Portugal, foram encontradas imagens de santos “cujo a disposição e contexto conduziram a uma intervenção arqueológica de urgência”.

Ulisses Correia e Silva destacou o apoio da cooperação portuguesa nesta intervenção, nomeadamente na capela gótica, que por si só representa um exemplo das “ligações entre Cabo Verde e Portugal”.

A igreja de Nossa Senhora do Rosário é considerada o mais antigo edifício histórico da Cidade Velha que se mantém intacto.Desde 26 de Junho de 2009 que a Cidade Velha é também uma das Sete Maravilhas do Mundo de origem portuguesa.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,11 jul 2020 14:29

Editado pormaria Fortes  em  8 ago 2020 17:19

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.