Apenas 2% dos testes rápidos positivos foram confirmados pelo PCR

PorAndre Amaral,17 jul 2020 18:19

1

Em Cabo Verde já foram realizados mais de 36 mil testes rápidos, anunciou hoje o Director Nacional de Saúde, Artur Correia, na conferência de imprensa de acompanhamento da evolução da COVID-19 no país.

"Em Cabo Verde, temos estado a acompanhar, e do universo das pessoas que fazem o teste rápido cerca de 20% dão positivo, independentemente de ser IgM ou IgG, desses somente 2% é que são confirmados pelo PCR", explicou esta sexta-feira à tarde o Director Nacional de Saúde.

Isto significa que do total de 36 mil testes rápidos realizados até ao momento, em todo o país, 7200 deram positivo e deste total 144 viram a infecção confirmada posteriormente com o teste PCR.

Quanto ao risco que representam os assintomáticos, Artur Correia relembrou a declaração recente da OMS em que se reconhece que as pessoas com essa condição (infecção com o SARS CoV 2 sem sintomas associados) são capazes de transmitir o vírus a outras pessoas.

O grande perigo dos assintomáticos, acrescentou Artur Correia, é "que não os conhecemos, nem eles próprios, se não fizerem o teste, não sabem se têm o vírus. Esse é que é o grande perigo, não se conhece, a pessoa não sabe e pode ser que esteja a espalhar o vírus".

Questionado sobre a abertura das praias balneares nas ilhas onde ainda há casos de transmissão comunitária da doença (Santiago e Sal), Artur Correia garantiu que estas não irão ficar "eternamente fechadas", acrescentando no entanto que quando abrirem "não o vão fazer da mesma forma que há um ano".

Já sobre o perigo de transmissão da doença nos mercados formais e informais, o Director Nacional de Saúde reconhece que há essa possibilidade, garantindo ainda assim que as entidades a quem cabe a fiscalização desses espaços estão a fazer o seu trabalho.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Andre Amaral,17 jul 2020 18:19

Editado porAndre Amaral  em  29 out 2020 23:20

1

pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.