COVID-19: Cerca de um em cada cinco pacientes está em internamento domiciliar

PorSara Almeida,21 ago 2020 18:23

Com 44 casos novos de infecção pelo novo coronavírus hoje registados, Cabo Verde passa a ter 875 casos activos. Desses, 190 estão em isolamento domiciliar, conforme avançou hoje o director nacional de Saúde.

Sobre este tipo de isolamento, Artur Correia reiterou ainda, durante a habitual conferência de imprensa sobre a COVID-19 no país, o funcionamento desta opção.

Assim, este isolamento em casa tem de ser precedido por uma autorização, a partir de “um inquérito social que é feito pelos assistentes sociais das estruturas de saúde que vão verificar se há condições habitacionais e familiares para se proceder [à autorização] ao pedido”.

Em caso de parecer positivo, autoriza-se este modalidade e o paciente assina uma declaração de compromisso quanto ao respeito por todas as normas indicadas e com vista a evitar contaminações, inclusive na família.

Estes pacientes são entretanto seguidos, e entre as entidades que fazem o seguimento ao domicílio estão os centros de saúde, estruturas essas aliás que desempenham um papel cada vez maior – e que se pretende alargar – no combate epidemiológico. A realização de teste, recepção de pedidos e comunicação de resultados, deverá cada vez mais passar também por estas estruturas descentralizadas, até porque há agora “duas frentes” em termos de testagem da infecção: os inquéritos epidemiológicos e os testes para os viajantes, seja dentro do país (testes rápidos), seja para o estrangeiro ( teste PCR).

Até ao momento Cabo Verde já realizou mais de 46.500 testes rápidos e mais de 30.000 testes PCR, o que o coloca como o 2.º país com mais testes por milhão de habitantes, a nível do continente africano, e em 46.º entre 196 países, a nível mundial.

44 novos caso, 30 dos quais na Praia

Santiago, Sal e Fogo foram as ilhas onde se registaram novos casos, 44 no total. No Sal surgiram dois casos, no concelho de Mosteiro (Fogo) outros dois. Os restantes foram diagnosticados em Santiago e estão distribuídos da seguinte forma: Praia, 30; São Domingos, um; Santa Cruz, dois; São Salvador do Mundo, três; Tarrafal, um; São Lourenço dos Órgãos, três.

Registaram também 36 altas, das quais, 20 na Praia, quatro em Ribeira Grande de Santiago, duas em Santa Cruz, uma em São Salvador do Mundo, um no Tarrafal e oito no Sal.

Com esta actualização o país passa a contabilizar 875 casos activos, 2498 recuperados, 37 óbitos, 2 transferidos e um total acumulado de 3412 casos de COVID-19.

Verificaram-se também hoje 14 casos suspeitos, conforme complementou o DNS: 12 em Santiago, e dois em São Filipe, Fogo, de pessoas que tiveram contacto com os casos confirmados de Mosteiros.

Há também 11 doentes internados em Hospitais de Santiago e Fogo, mas todas apresentam um quadro clínico estável ou assintomático. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Sara Almeida,21 ago 2020 18:23

Editado porSara Almeida  em  29 out 2020 23:20

pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.