Inspecção-geral das Pescas forma 20 inspectores

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,12 out 2020 15:51

Inspectora-geral das Pescas, Maysa Rocheteau
Inspectora-geral das Pescas, Maysa RocheteauRádio Morabeza

A Inspecção-Geral das Pescas está a ministrar formação a duas dezenas de agentes para desempenharem a função de inspectores.

A formação surge na sequência da falta de profissionais preparados nesta área, conforme a inspectora-geral, Maysa Rocheteau, em declarações aos jornalistas, na cidade da Praia.

" Veio colmatar basicamente a falta de inspectores de pesca. Há um número insuficiente, actualmente, no quadro de inspectores de pesca e pretendemos com esta formação preparar agentes para despenho dessa função que virão eventualmente a fazer parte do corpo de inspectores da inspecção-geral das pescas", avança.

A formação tem uma carga horária total de 210 horas e irá decorrer durante um mês.

"São vários módulos. Vamos começar hoje com o módulo sobre legislação, que é um capítulo bastante vasto tendo em conta que todas as actividades da inspecção-geral das pescas se baseiam na legislação, quer a legislação da pesca quer a legislação sanitária. Portanto, os inspectores têm que se estar muito bem preparados neste domínio, mas também temos outros módulos como a parte biológica, a parte da acção de fiscalização, como é que se faz uma fiscalização, nomeadamente uma abordagem, o que que tem que se fazer durante uma fiscalização no mar, como será feito...", explica.

A formação é destinada aos formandos de Sotavento e é realizada pela Inspecção Geral das Pescas, em parceria com o Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), e financiada pela União Europeia e o Programa Jovem Emprego, das Nações Unidas.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,12 out 2020 15:51

Editado porSara Almeida  em  30 out 2020 17:19

pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.