​Governo e OMS assinam acordo de financiamento de 92 mil contos para resposta à COVID-10

PorFretson Rocha, Rádio Morabeza,30 out 2020 18:03

O Ministério da Saúde e da Segurança Social e a Organização Mundial da Saúde (OMS) assinaram esta quinta-feira, 29, um acordo financeiro no valor de 92 mil contos no âmbito da resposta à pandemia da COVID-19, anunciou hoje o Governo.

De acordo com informações publicadas na página de Facebook do Ministério da Saúde e da Segurança Social, o documento foi rubricado pelo ministro da tutela, Arlindo do Rosário e pelo representante da OMS em Cabo Verde, Hernando Agudelo.

No mesmo documento, o Ministério da Saúde refere que o acordo abrange várias áreas, visando o reforço dos laboratórios, do acompanhamento domiciliar dos doentes, da comunicação de risco e envolvimento comunitário, dos recursos humanos, no tratamento dos doentes, entre outras vertentes, por forma a melhorar a capacidade de resposta.

Arlindo do Rosário disse que o trabalho está a ser feito para que uma futura vacina esteja disponível no arquipélago, assim que for aprovada pela Organização Mundial a Saúde.

“Com a OMS está-se a trabalhar a questão da vacina, e logo que a vacina for testada de forma segura, poderemos tê-la disponível no país para o combate da COVID-19. Enquanto isso, continuaremos com a estratégia que é universal que consiste em procurar, testar, isolar e acompanhar os casos”, garantiu.

Para a tutela da pasta da saúde, as respostas têm sido rápidas e consistentes em todas as ilhas de Cabo Verde, com foco na cidade da Praia por ser o epicentro em termos de número de casos. “O país soube a tempo adotar antecipadamente todas as medidas assertivas para fazer face a esta pandemia”, lê-se na nota.

Durante a assinatura do acordo de financiamento foi realizado o ato de entrega oficial de donativos ao Ministério da Saúde, que inclui uma ambulância “que permitirá melhorar as ações junto das comunidades, nomeadamente a vigilância dos casos suspeitos, dos contactos, bem como o seguimento domiciliário dos casos de COVID-19”. Também foram entregues equipamentos de proteção individual, “que vão reforçar o stock existente no país, garantindo assim a adequada proteção dos profissionais de saúde e redução do risco de propagação de COVID-19 nas estruturas de saúde, entre as quais, viseiras, óculos de proteção, botas, e máscaras cirúrgicas e KN95”.

Cabo Verde contabiliza 684 casos ativos de COVID-19, 7913 casos recuperados, 95 óbitos e 2 transferidos, perfazendo um total de 8694 casos positivos acumulados da doença. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Fretson Rocha, Rádio Morabeza,30 out 2020 18:03

Editado porAndre Amaral  em  5 ago 2021 23:21

pub.
pub.
pub.

pub
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.