Gastos da Delegacia de Saúde de São Vicente no combate à COVID-19 ultrapassam os 21 mil contos

PorFretson Rocha, Rádio Morabeza,18 nov 2020 6:46

Elísio Silva
Elísio Silva(Rádio Morabeza)

A Delegacia de Saúde de São Vicente já investiu mais de 21 mil contos no combate à COVID-19. Delegado de Saúde assegura que na ilha já foram realizados mais de 10 mil testes de despistagem à doença.

Os números foram tornados públicos na tarde desta terça-feira pelo delegado de saúde da ilha do Porto Grande, Elísio Silva, durante a apresentação do trabalho que as estruturas de saúde têm feito, na presença, nomeadamente, do Primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, do ministro da Saúde, Arlindo do Rosário e do ministro de Estado, Fernando Elísio Freire.

De acordo com os dados apresentados, o valor exacto ascende a 21.790.251 escudos. Desse total, 10.964.781 escudos foram gastos com recrutamento de enfermeiros e técnicos. Quanto às gratificações e subsídios, o montante ultrapassa 1,7 milhões de escudos. O isolamento de doentes COVID também entra nas contas da Delegacia de Saúde com um gasto de 8,6 milhões de escudos.

image

“Tudo tem um custo. Quando contratamos enfermeiros, quando abrimos um laboratório novo e contratamos técnicos. Relativamente a enfermeiros, só na Delegacia de Saúde foram contratados 25, para além de técnicos de laboratório, pessoas para trabalhar na limpeza, na secretaria, condutores. Temos um alojamento no Centro de Estádio onde pagamos alimentação de pessoas. Tudo isso é custo para o Governo, para o Estado de Cabo Verde e para a população. Se trabalharmos na protecção não teremos estes custos”, diz.

A nível da ilha, no primeiro trimestre, Elísio Silva avança que já foram realizados mais de 10 mil testes de COVID-19. Do total, 9809 são testes rápidos e 4021 testes PCR.

Neste momento, a ilha de São Vicente tem 40 casos ativos de COVID-19, sendo dois confirmados esta terça-feira, e 5 óbitos, 291 recuperados, num total acumulado de 336 casos da doença.

O país contabiliza 416 casos ativos do novo coronavírus, 9438 recuperados, 103 óbitos por COVID, e 2 transferidos, perfazendo um total de 9960 casos positivos acumulados.     

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Fretson Rocha, Rádio Morabeza,18 nov 2020 6:46

Editado porAndre Amaral  em  29 nov 2020 6:19

pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.