​Trabalhadores do IEFP poderão avançar para greve de três dias

PorLourdes Fortes, Rádio Morabeza,26 nov 2020 16:09

Os trabalhadores do Instituto de Emprego e Formação Profissional ponderam partir para uma greve nacional de 72 horas, a partir de 8 de Dezembro. Reivindicam o enquadramento na carreira, através da implementação do PCCS. O pré-aviso já foi entregue na Direcção Geral do Trabalho e ao conselho directivo do IEFP.

O documento é subscrito por mais de 80% dos trabalhadores da instituição.

Informação avançada hoje, em conferência de imprensa, por Luís Fortes, secretário-permanente do Sindicado dos Trabalhadores da Função Pública (SINTAP).

“Tendo em conta o fim do ano económico, sem nenhuma notícia de aprovação e publicação do PCCS, e da referida lista de transição os funcionários do IEFP, eles entrarão em greve, a nível nacional, no dia 8 de Dezembro, por um período de três dias, caso a publicação dos documentos não seja consumada no dia sete”, indica.

O sindicalista diz que desde há cino anos que a proposta de PCCS está pronta, com todos os pareceres necessários para a conclusão do processo. Luís Fortes sublinha que não percebe o atraso, com impacto negativo na vida dos trabalhadores.

“Chega-se ao fim do ano económico, todos os procedimentos dos pagamentos devem ser feitos até o dia 14 de Dezembro, e nós não estamos a ver nenhuma luz em relação ao processo que tem todas as condições para ser aprovado. E já temos informações que o OE2021 não prevê qualquer aprovação de PCCS”,crítica.

O responsável sindical espera a publicação do documento até 7 de Dezembro, juntamente com a lista de transição, para a sua efectivação.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Lourdes Fortes, Rádio Morabeza,26 nov 2020 16:09

Editado porAndre Amaral  em  17 jan 2021 23:20

pub.
pub.
pub.
pub
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.