A III Feira Internacional de Energias Renováveis e Eficiência Energética arrancou hoje na Praia

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,24 mar 2022 14:13

Alexandre Monteiro, Ulisses Correia e Silva , Angélica Fortes, Marcos Rodrigues
Alexandre Monteiro, Ulisses Correia e Silva , Angélica Fortes, Marcos Rodrigues Rádio Morabeza

Com a III Feira Internacional de Energias Renováveis e Eficiência Energética (FIEREE), o governo quer concretizar investimentos e parcerias, trocar as melhores experiências e práticas, assegurou hoje o primeiro-ministro na inauguração do evento.

Ulisses Correia e Silva discursava no acto de abertura da III Edição da Feira Internacional de Energias Renováveis e Eficiência Energética, que arrancou hoje, na cidade da Praia.

"Pelo menos desde 2016 definimos este propósito como um propósito acelerador, da resiliência, da redução das vulnerabilidades e da redução dos choques externos. E hoje tenho a impressão que ninguém no mundo tem dúvidas de que este é o caminho, e deve ser perseguido com muita perseverança, com intensidade para não estarmos a pagar preços relativamente a situações que acontecem que não são da nossa responsabilidade, que não tem nenhuma contribuição nossa, mas que afectam fortemente a economia, afectam fortemente a vida das pessoas, afectam fortemente o crescimento económica, vamos sair desta dependência das energias”, avança

O presidente da Câmara de Comercio de Sotavento, Marcos Rodrigues, defende que o sector energético deve evoluir rapidamente, porque a dependência externa pode condicionar o país.

“Nós temos que dar este salto o quanto antes, e faremos naturalmente, o sector privado fara isso naturalmente com todas as suas forças, e o sector publico naturalmente tem que contribuir também para que haja desmaterialização da produção de energia do sector fóssil para a energia limpa não é? E isto tem que ser feito com a contribuição efectiva dos empresários privados”, explica.

A III Feira Internacional de Energias Renováveis e Eficiência Energética (FIEREE), sob o Lema "para uma economia verde, soluções limpas e eficientes" conta com 80 expositores, sendo que cerca de 40 provenientes de Canadá, Portugal, Alemanha, República Checa e Região da CEDEAO.

A feira é promovida pela FIC, em parceria com o Ministério da Indústria, Comércio e Energia, Ministério das Finanças e Fomento Empresarial.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,24 mar 2022 14:13

Editado porAndre Amaral  em  28 set 2022 23:28

pub.
pub.
pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.