Primeiro-Ministro reconhece falta de recursos humanos no Ministério Público

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,17 jan 2023 14:12

Joana Rosa, José Landim, Ulisses Correia e Silva
Joana Rosa, José Landim, Ulisses Correia e SilvaRádio Morabeza

O Primeiro-Ministro admite falta de recursos humanos no Ministério Público. Ulisses Correia e Silva falava esta manhã, após uma visita às instalações da Procuradoria-Geral da República, na Praia.

O chefe de Governo garante que o executivo está empenhado em alocar recursos para garantir maior produtividade.

“São necessários recursos, podem ser reforçados. É necessária maior produtividade, é necessário usar mais a tecnologia, mais o digital nalgumas situações, é necessário fazer revisão legal para podermos melhorar todo o sistema de administração da justiça”, avança.

Durante a visita, também foi abordada a situação da segurança e criminalidade interna.

“Particularmente na cidade da Praia, tendo em conta que aqui, quer a vertente policial, quer de investigação, quer a vertente judicial são importantes. Nós precisamos que o sistema seja cada vez mais eficaz, relativamente a processos, procedimentos que facilitam depois as decisões, relativamente a encurtamento de prazos às queixas relacionadas com crimes e o processo de investigação, a delegação de competências para que o processo seja mais ágil”, explica.

A visita à Procuradoria-Geral da República, efectuada pelo Primeiro-Ministro surge na sequência de um conjunto de deslocações a instituições e serviços ligados à Segurança e Justiça, iniciadas na semana passada. O Primeiro-Ministro fez-se acompanhar pela ministra da Justiça, Joana Rosa. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,17 jan 2023 14:12

Editado porAndre Amaral  em  4 fev 2023 11:20

pub.
pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.