Final do ano: Santiago Sul e Maio com ligeira diminuição nos índices criminais em comparação com 2022

PorSheilla Ribeiro,3 jan 2024 11:51

No final do ano, a cidade da Praia testemunhou uma leve diminuição nos índices criminais em comparação com o ano anterior, revelou hoje o Comandante Regional de Santiago Sul e Maio (CRSSM) da Polícia Nacional, Orlando Évora. Durante a operação, mais de 9 mil indivíduos foram abordados nas vias públicas, resultando na detenção em flagrante delito de 119 pessoas por prática de diversos crimes.

Numa conferência de imprensa, o CRSSM especificou que a operação teve início no dia 1 de Dezembro de 2023 e encerra no dia 5 de Janeiro de 2024.

A operação envolveu cerca de 500 efectivos de diversos ramos da PN, como a Direção Central de Investigação Criminal, a Direção de Estrangeiros de Fronteira, a Guarda Fiscal, a Polícia Marítima, o Corpo de Intervenção, a Direção de Operações e Comunicações, com o Centro de Comando e Controlo da Praia desempenhando um papel fundamental.

Durante o período da operação, o Comando Regional de Santiago Sul e Maio realizou 52 operações na sua área de jurisdição, abrangendo a cidade da Praia, o Maio, São Domingos e Ribeira Grande.

Dentre essas operações, destacam-se 14 operações de controlo de tráfego, 38 rusgas e 2 megaoperações, uma liderada pelo Comando Regional e outra pela Direção Central de Investigação Criminal.

O Comando Regional abordou 9.044 indivíduos na via pública, revistou 7.655 pessoas, conduziu 119 à unidade policial para identificação e deteve em flagrante delito 119 indivíduos por diversos crimes.

Houve também 415 apreensões, incluindo 24 armas de fogo, 116 armas brancas, 316 pequenas porções de drogas e 11 telemóveis.

No âmbito do trânsito rodoviário, foram fiscalizados 4.462 veículos, com 238 apreensões por infrações diversas. A PN realizou 151 testes de álcool, aplicou 911 coimas no valor de 9.417.500 euros e registou pequenos acidentes sem feridos graves.

“Comparativamente ao ano de 2022, houve uma ligeira diminuição em termos de criminal. Consideramos ter cumprido o objetivo do plano graças ao profissionalismo dos profissionais empenhados da Polícia Nacional e do civismo e colaboração demonstrada pelo público”, disse.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Sheilla Ribeiro,3 jan 2024 11:51

Editado porAndre Amaral  em  12 jun 2024 23:27

pub.

pub.

pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.