“Ocean Race mostra que estamos a cumprir o nosso programa”- José Gonçalves

PorSheilla Ribeiro (estagiária),19 set 2019 16:44

José Gonçalves
José Gonçalves

O ministro do Turismo e Transportes disse hoje que o facto de Cabo Verde ter sido escolhido como o primeiro país da África Ocidental a receber o Ocean Race mostra que o país está dentro da estratégia de Governo para fazer de Cabo Verde uma plataforma de referência na África ocidental e Âtlântico médio.

“Isto é mais uma prova de que estamos a cumprir com o nosso programa”, garantiu.

José Gonçalves, que falava durante uma conferência de imprensa sobre a passagem da regata por Cabo Verde, afirmou que, para além da posição geográfica, o país vem adquirindo cada vez mais "respeito". Como exemplo, citou eventos internacionais, como a Conferência Ministerial sobre o Turismo e Transporte Aéreo em África ou os Jogos de Praia, ambos realizados na ilha do Sal.

“São todos esses eventos internacionais que agora mostram que Cabo Verde pode aspirar a ser precisamente esta plataforma que nós queremos. É um prestígio para o país”, declarou.

A escolha prende-se, acredita, com o facto de Cabo Verde ser considerado um país “sério, estável, conhecido mundialmente” a nível cultural, e eleito como “destino privilegiado” na África Ocidental, no sector do turismo.

A Ocean Race, na edição 2021-2022 partirá de Alicante, passará por Espanha, e terá paragens em Haia, Holanda e Aarhus, na Dinamarca, além de Cabo Verde.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Sheilla Ribeiro (estagiária),19 set 2019 16:44

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  15 out 2019 10:19

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.