Investimentos em drenagem na Praia aproximam-se dos 800 mil contos

PorSheilla Ribeiro,22 jul 2020 12:40

Óscar Santos
Óscar Santos

O Presidente da Câmara Municipal da Praia (CMP), Óscar Santos, avançou hoje que o volume dos investimentos em drenagem no concelho, feitos nos últimos quatro anos, chegam a quase 800 mil contos.

O edil praiense falava à imprensa à margem de uma visita realizada a vários bairros da capital, onde decorem obras de preparação à época das chuvas. Sobre estas o autarca afirmou tratar-se de obras “muito importantes” para a comunidade.

Quanto ao plano operacional da época de chuva, Óscar Santos informou que este começou a ser implementado desde o mês de Maio de 2020, com medidas preventivas.

“Agora vamos aumentar o nosso nível de alerta durante a época das chuvas para resolvermos eventuais problemas e garantir que cidade funcione normalmente. Não é muito bom que por causa da chuva as pessoas deixem de trabalhar ou de ir à escola, por exemplo”, disse.

Paralelamente, informou, a CMP está a fazer acções de combate às doenças tropicais como a dengue e o paludismo e já fez, igualmente, intervenções na Avenida de Cidade de Lisboa, que no ano passado foi foco de paludismo, afectando sobretudo a população da zona Várzea.

“Penso que a Praia está bem preparada pelos investimentos que fizemos ao longo dos anos em obras de drenagem. O volume destes, só nos últimos quatro anos, chegam perto de 800 mil contos. É muito e há outros bairros a que ainda não chegamos. Mas com o tempo vamos lá chegar e tornar a cidade cada vez mais resiliente”, assegurou.

Segundo o edil, se chover com muita força, a cidade terá outros problemas a nível da Protecção Civil, devido às barracas nas encostas e ladeiras. Neste caso, garantiu que a CMP está atenta para o realojamento das pessoas, antes que o pior aconteça.

“Já temos um plano de realojamento, que muito brevemente será posto em prática. Já temos até uma proposta de cedência de terrenos. Se chover seremos obrigados a salvar a vida das pessoas, temos de realojá-los noutro lugar temporariamente”, afirmou.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Sheilla Ribeiro,22 jul 2020 12:40

Editado porAndre Amaral  em  28 nov 2020 23:21

pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.