​Governo promete resolver condições de transporte de doentes entre Santo Antão e São Vicente ainda este mês

PorFretson Rocha, Rádio Morabeza,14 jul 2021 18:07

Arlindo do Rosário
Arlindo do Rosário

O Governo garante que as “condições dignas” de transporte e evacuação de doentes na linha marítima Santo Antão/São Vicente devem ser criadas ainda este mês. O anúncio foi feito hoje, no parlamento, pelo ministro da Saúde, Arlindo do Rosário, durante a sessão de perguntas dos deputados ao executivo.

“Sem dúvida que a dignidade e comodidade nos transporte de doentes nos preocupa a todos. Falo isso pela minha experiência, durante muitos anos, em Santo Antão. A resposta que eu posso dar é que essas condições serão criadas ainda este mês, nos navios Chiquinho e Dona Tututa, com a colocação de um elevador. Também serão feitas alterações, retirando algumas cadeiras para criar alguma comodidade aos doentes. Portanto, esse assunto, sem dúvida, vai ser resolvido”, assegura.

A questão foi suscitada pelo deputado do PAICV, Albertino Mota, que denunciou as más condições em que são transportados os doentes de Santo Antão para São Vicente. O parlamentar recorda que os barcos não têm enfermarias, nem macas em condições para prestar o serviço, bem como não dispõem de elevadores.

“Para piorar a situação temos barcos com escadas com acentuada inclinação, o que torna difícil e perigoso o transporte das macas, bem como dos doentes, agudizado em situações de transporte de garrafas de oxigénio. Os riscos são enormes quer para os profissionais de saúde quer para os doentes. Assim sendo, frequentemente o transporte de doentes no barco é feito em macas que são colocadas, por vezes, no chão próximo a viaturas e sujeitos a condições de intempéries gravosas para a condição do doente”, aponta.

A criação de melhores condições para transportes e evacuação de doentes de Santo antão para São Vicente é uma questão antiga. Recentemente, aquando do batismo do navio Dona Tututa, no Mindelo, o presidente da Câmara Municipal do Porto Novo, Aníbal Fonseca, defendeu a necessidade de se criar condições dignas para o transporte e evacuação de doentes na referida linha marítima.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Fretson Rocha, Rádio Morabeza,14 jul 2021 18:07

Editado porAndre Amaral  em  27 abr 2022 23:20

pub.
pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.