José Maria Neves quer relações entre Cabo Verde e Angola mais “reforçadas e alargadas” a novos sectores

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,9 jan 2022 9:45

O Presidente da República destaca o simbolismo que caracteriza a sua deslocação a Angola e manifesta o desejo de ver as relações entre os dois países mais “reforçadas e alargadas” a novos sectores. José Maria Neves, realiza de 09 a 12 de janeiro uma visita de Estado a Angola, a primeira deslocação do género ao exterior desde que assumiu funções.

“Há aqui enormes potencialidades. Angola já tem investimentos importantes em Cabo Verde no domínio da banca, das telecomunicações, dos combustíveis e queremos alargar para outros sectores designadamente os transportes a aéreos e marítimos e também a questão do turismo e do ensino superior, ciência e inovação, e toda área da reforma do Estado e da Administração Pública”, declarou.

José Maria Neves inicia este domingo, 09, uma visita de três dias a Angola, naquela que é a sua primeira visita de Estado ao exterior, que considera um “sinal forte” no reforço das relações entre os dois países.

“É uma visita extremamente importante. A primeira visita de Estado que faço ao exterior. Angola é um país africano, mas também que preside a CPLP, e vai ser um momento de reforço das relações de amizade e cooperação entre Cabo Verde Angola”, disse em  declarações aos jornalistas na Praia.

Na sua comitiva, José Maria Neves integrou representantes do sector empresarial cabo-verdiano para estabelecer pontos contactos, visando também o reforço das relações empresariais entre Cabo Verde e Angola.

“Queremos que haja mais parcerias e queremos um pouco que Angola transforme Cabo verde numa plataforma de negócios nesta região e seria importante essa troca”, indicou.

José Maria Neves destaca o “forte simbolismo”, desta visita a um país muito amigo de Cabo Verde com o qual Cabo Verde quer reforçar e elevar o patamar das relações.

“Angola é um país muito amigo de Cabo Verde. Tem uma importante comunidade cabo-verdiana em Angola e as nossas relações foram muito fortes antes da independência e depois da independência, mas também Angola tem um papel importante em África e desempenha um papel ‘player’ na região de África Austral, na África Central e todo continente africano e na CPLP”, realçou.

De acordo com o programa da visita, José Maria Neves manterá um encontro com o seu homólogo angolano na segunda-feira, 10 de Janeiro, pelas 11:00, no Palácio Presidencial, seguido de uma declaração conjunta à imprensa.

No mesmo dia será na Assembleia Nacional de Angola, numa Sessão Plenária Extraordinária onde deverá realçar a necessidade do reforço da cooperação entre os países nesses tempos de pandemia.

Durante a sua estada em Angola, o mais alto magistrado da Nação cabo-verdiana terá, ainda, um encontro com a comunidade cabo-verdiana radicada naquele país, além de visitas ao Campus Universitário Dr. António Agostinho Neto e à Escola Nacional da Administração e Políticas Públicas.

Nesta sua primeira visita de Estado, José Maria Neves vai estar acompanhado da ministra de Estado da Defesa Nacional e Coesão Territorial, Janine Lélis, e pela secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Miryan Vieira.

A comitiva será ainda integrada pelos representantes de dois dos três partidos políticos com assento parlamentar, designadamente o PAICV e o MpD, já que a UCID apesar do convite não poderá estar presente nessa missão.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,9 jan 2022 9:45

Editado pormaria Fortes  em  16 jan 2022 23:21

pub.

pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.